A igreja deve preparar a guerra contra a besta

0

Autor: Cláudio Ribeiro Melo.

Os chips governamentais que irão substituir a documentação estão em fase de experimentação em todo o mundo.
Estes chips são a marca da besta pois não será possível trabalhar, comprar ou vender, pois os chips substituirão a documentação.
As ex-presidenta Dilma fez um anúncio sobre a substituição da documentação da população brasileira por um chip.

A besta terá poder pela marca, por seu nome e pelo número 666.
Livro de Apocalipse, capítulo 13, versículos 16, 17 e 18.
A besta ainda não se manifestou sobre o mundo mas o sistema que irá apoiar o anticristo já existe. Os governos, partidos ou grupos políticos responsáveis pelo aparecimento e manutenção do poder da besta já existem.
Os principais responsáveis pela implantação dos chips no Brasil e no mundo são a maçonaria e seus políticos, os ateus e seus políticos e os demais grupos não-cristãos e seus políticos.

A maçonaria, os ateus e os demais não-cristãos, são estes grupos políticos os responsáveis pelo desenvolvimento e pela futura implantação dos chips no mundo.
A igreja católica, no futuro, deve apoiar a besta, mas uma parte da igreja católica deve lutar contra a besta. Muitos católicos acreditam na Bíblia e nas profecias.
A igreja evangélica pode encontrar apoio dos católicos na luta contra a besta mas não deve profanar seus altares. A igreja evangélica não deve trazer a idolatria, líderes católicos, para seus altares. O Senhor Deus de Israel disse: Eu sou o Senhor, teu Deus, que te tirou da terra do Egito, da casa da servidão. Não terás outros deuses diante de mim.
Livro de Êxodo, capítulo 20, versículos 2 e 3.

A igreja deve, inicialmente, procurar advogados, juízes e autoridades políticas cristãs.
O corpo humano é propriedade do indivíduo, o corpo humano é propriedade do ser humano. Nenhum país deve violar este direito. O cristão é propriedade de seu Deus.
A igreja deve lutar por sua alma e por sua liberdade.
A besta, no apogeu de seu poder, irá matar, assassinar a igreja cristã.
Os cristãos serão mortos, as mulheres cristãs e judias serão violentadas, estupradas e mortas.

Livro de Zacarias, capítulo 14, versículo 2.
A igreja cristã, através de sua política, deve preparar o Brasil para a guerra contra o anticristo.
O Deus de Israel garante o direito de seu povo lutar.
A lei antiga judaica retorna para que o povo de Deus possa lutar por sua sobrevivência.
Deve ser organizada pela igreja uma guerra real, uma guerra militar, com armas de fogo, revólveres, fuzis, e armas de guerra.
A igreja não deve temer derramar o sangue de seus inimigos.
A Bíblia revela que parte da igreja será sacrificada mas uma outra parte da igreja sobreviverá.

O arrebatamento será ao final da tribulação. O arrebatamento será para os que estiverem vivos.
As duas testemunhas, ao se manifestarem, não terão misericórdia dos inimigos de Cristo.
As duas testemunhas irão atormentar, matar, aniquilar, destruir os inimigos de Cristo em toda a Terra.

Livro de Apocalipse, capítulo 11, versículos 1 ao 14.
É o retorno da lei judaica, a igreja não deve temer lutar.
A igreja deve lutar para proteger suas mulheres, filhas e esposas.
O Senhor de Israel é o único Deus.
O Senhor de Israel é o Deus da guerra.

Proclamai isso entre as nações, santificai uma guerra.
Livro de Joel, capítulo 3, versículo 9.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here