Esqueça seu passado!

0

Havia uma professora em nossa escola dominical na minha antiga igreja que sempre usava uma expressão interessante ao se referir sobre momentos de mudança de sua vida, ela dizia que aquilo, aquele momento, ou tal acontecimento, foi um momento “divisor de águas”, que é um termo muito comum, soube depois.

Na vida de cada um de nós existe um momento que nos separa do que éramos, para nos transformar no que somos hoje. Alguns são marcados por uma experiência traumática, outros são marcados por um novo emprego, que veio a mudar sua perspectiva de vida, outros são marcados por um momento de extrema alegria como um casamento, o nascimento de um filho, entre outras coisas.

A realidade é que todos nós temos um momento em nossas vidas em que deixamos de ser algo para nos tornarmos outra pessoa, melhor ou pior. Vemos na vida dos homens do passado:

  • Lutero (1483 – 1546) após visitar Roma e ver os desvios da igreja vigente sofreu tal trauma que veio a ser um agente da Reforma na igreja;
  • D.L. Moody (1837 – 1899), grande pregador americano, após o grande incêndio de Chicago, disse que jamais deixaria de fazer apelos após as pregações;
  • Jerônimo (347 – 420), escritor da Vulgata – primeira tradução da Bíblia para o Latim, língua mundial da época – após visitar a cidade ficou tão traumatizado com a situação da igreja que se trancafiou em um mosteiro até o final de sua vida, vivendo pela obra que realizara;
  • Saulo de Tarso, depois chamado Paulo, após sua experiência na estrada para Damasco, teve sua vida transformada, foi um momento “divisor de águas”.

Em todas as épocas, de todas as nacionalidades, os grandes homens do passado tiveram um momento em que mudaram suas vidas. Todos nós, assim como esses homens, temos ou teremos um momento que nos separarão do resto dos homens.

“Ele se dedicará ao Senhor pelo período de sua separação e trará um cordeiro de um ano de idade como oferta de reparação. Não se contarão os dias anteriores porque ficou contaminado durante a sua separação.” Nm.6:12

Aqui, na Palavra de Deus, fala sobre o voto de nazirado, um voto onde um homem se dedicava integralmente ao Senhor, sem provar do vinho, sem provar de coisas imundas aos olhos de Deus.

Mas uma coisa que me chamou a atenção é o final do versículo:

Não se contarão os dias anteriores porque ficou contaminado durante a sua separação.

Amados, em nossas vidas, como cristãos, teremos esse momento de mudança, esse momento de transformação, esse momento “divisor de águas”, onde não mais seremos nós, mas seremos novas pessoas e nesse momento o que contaremos?

Contaremos a história do que fomos no passado? Contaremos de nossas falhas anteriores?

  • Que diferença faria para a história um advogado que teve um amigo morto por um raio? Lutero não seria nada se contasse somente de seu passado.
  • Que diferença teria um professor de escolas dominicais? Nenhuma, se Moody não contasse de sua vida após o incidente em Chicago.
  • Que diferença teria um tradutor? Nenhuma, se Jerônimo não tivesse dedicado sua vida à obra de tradução da Bíblia.
  • Que diferença teria um perseguidor de cristãos? Nenhuma, se Saulo não tivesse encontrado a Cristo.

Reparem o que o Senhor diz aos nazireus: “Não se contarão os dias anteriores”.

Todos nós, como cristãos, nascemos de novo, tivemos um momento em que nossas vidas mudaram, quer na infância, adolescência ou senilidade, todos nós tivemos nossas vidas mudadas por Cristo.

Mas o que temos pregado? Temos pregado a mesma vida de antes? Temos pregado o que éramos antes de conhecermos a Cristo? Temos pregado que somos simples pecadores?

Não devemos fazer isso!

Devemos, assim como os nazireus, assim como os grandes homens do passado, não contarmos sobre o nosso passado infrutífero, pecaminoso, mas devemos escrever uma nova história de vida, uma história de mudança, uma história de um homem transformado, uma história que mude a nossa geração e as gerações que virão!

Pare de contar sobre o seu passado sem Cristo, pare de viver sua vida como se você não tivesse sido transformado, conte somente a partir desse momento “divisor de águas”, conte somente a partir do seu novo nascimento em Cristo, o que Cristo fez por você, como Ele o transformou.

O Senhor nos chama hoje para transformarmos o mundo em que vivemos, assim como Saulo o mudou, assim como Jerônimo, Moody e Lutero o mudaram, o Senhor nos chama para vivermos uma nova vida, uma vida com a atuante Presença atuante do Espírito Santo em nós.

Paremos de viver o nosso passado pecaminoso e vivamos o futuro com Cristo, hoje! O Senhor disse que o Reino de Deus estava próximo e hoje o podemos contemplar, ao recebermos Cristo em nossos corações.

Por isso, esqueça o passado, esqueça sua vida de pecados, que essa antiga vida somente sirva para mostrar o quão Deus foi atuante em você e viva sua Nova Vida em Cristo, porque assim você verá a diferença, diferença em sua vida, na vida das pessoas próximas a você, na geração em que você vive e nas gerações posteriores.

Esqueça o passado e escreva uma nova história com Cristo.

Que Deus o abençoe!


COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here