A Luta de Jacó

0
435

“Perguntou-lhe, pois: Como te chamas? Ele respondeu: Jacó. Então disse: Já não te chamarás Jacó, e, sim, Israel: pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens, e prevaleceste.” (Gênesis 32.27-28)

Além de Abraão, Sara e Pedro, existe ainda uma outra pessoa na Bíblia que teve seu nome mudado. Isto aconteceu numa noite misteriosa em Peniel. Este episódio é misterioso e mal podemos entendê-lo: quando Jacó estava sozinho, um homem lutou com ele. Muitas vezes, ensina-se que Jacó lutou com Deus, mas, em primeiro lugar, Deus lutou com Jacó, até o clarear do dia. Está escrito claramente: “…lutava com ele um homem.” Durante quanto tempo? Até que o Senhor quebrou sua força humana, pois Jacó não queria se entregar. Somente então Jacó começou a lutar. Ele se agarrou firmemente no Senhor e exclamou: “Não te deixarei ir, se me não abençoares.”

Devemos levar em conta que o Senhor de fato o abençoou, mas só depois da renovação do nome, só depois que Jacó confessou o que era em seu íntimo. Jacó chorou, lutou com persistência e exclamou: “Não te deixarei ir, se me não abençoares.” Ele quer que o Senhor o abençoe logo. Então o Senhor lhe pergunta: “Como te chamas? Ele respondeu: Jacó.” Essa foi a sua confissão de pecado, pois Jacó significa “embusteiro, enganador”. Depois de ele confessar isso, o Senhor diz: “Já não te chamarás Jacó, e, sim, Israel.”

Se você ainda não se confessou ao Senhor e Ele ainda não mudou seu rumo… Prontifique-se em fazê-lo, pois não tardará a volta do Senhor para levar à sua Igreja.

 
José Valdo Caetano.
Diácono – Dirigente da Congregação Rancho da Caça.
Bacharel em Teologia / Direito.

 

Shopping

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA