Cristão pode perder a salvação?

9
3

Por Pr. Renato Vagens

Há pouco, fiz uma pesquisa em meu blog onde indaguei aos meus leitores se eles acreditavam na afirmação de que o verdadeiro crente poderia perder a salvação. Na ocasião inúmeras pessoas participaram da pesquisa, sendo que 41% manifestaram sua crença de que o crente em Jesus poderia perder a salvação eterna.

Confesso a você que fiquei surpreso com o resultado da enquete, até porque, jamais poderia imaginar que uma parcela tão grande de pessoas demonstrassem plena convicção de que o crente poderia cair da graça. Ora, a Bíblia é enfática em afirmar a segurança dos crentes. Para as Sagradas Escrituras, não é possível com que o verdadeiro crente afaste-se definitivamente da graça de Deus, até porque, as doutrinas bíblicas quanto a garantia da salvação são extremamente claras. Por favor, leia atentamente o o texto abaixo:   

“As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; e dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará das minhas mãos. Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las das mãos de meu Pai.” Jo 10:27-29

Caro leitor, o texto em questão é claro. O crente que nasceu de novo, nunca há de perecer. Junta-se a isso o fato de que ninguém é poderoso suficientemente para arrancar os salvos das mãos do Senhor. É indispensável também que entendamos que o fato de alguém acreditar que o cristão pode jogar fora a salvação que o Pai lhe deu, aponta efetivamente para o desconhecimento das doutrinas bíblicas. Além disso, foi o próprio Senhor Jesus quem disse: “Todo o que o Pai me dá, virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora”. (Jo 6:37) Vale também a pena ressaltar de que o Senhor Jesus ao ascender aos céus, deixou-nos o Espírito Santo como garantia da nossa salvação. A presença do Espírito em nós é a esperança e convicção da vida eterna. O Espírito Santo é o penhor, o qual nos garante irrevogavelmente a eternidade com Deus.

“Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa”. (Ef 1:13) ;  “O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória”. (Ef 1:14);  “E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção”. (Ef 4:30); “O qual também nos selou e deu o penhor do Espírito em nossos corações”. (2Co 1:22)

Vale a pena ressaltar que na Cruz, Jesus pagou  por todos os nossos pecados, isto é, aqueles que foram praticados até a nossa conversão, e aqueles que infelizmente haveremos de praticar até o fim de nossa vida na terra. Todavia, isso em momento algum deve servir para acharmos que podemos e devemos pecar livremente, mesmo porque aquele que conheceu a Cristo não consegue agir assim.

Do ponto de vista bíblico, o crente não está livre do pecado. Na verdade,  ele continua suscetível ao pecado. E ao pecar, ele é convencido pelo Espírito Santo que lhe mostra  a gravidade do erro que cometeu, levando-o por consequinte a rogar o perdão do Senhor.

Isto posto, afirmo que o convertido não se sente a vontade vivendo no pecado, porque as trevas não podem subsistir juntamente com a luz do Espírito Santo que nele faz morada.
Para corroborar com aquilo que penso e afirmo coloco abaixo 80 razões porque o crente em Jesus não pode perder a salvação:

01. Gênesis 7:16 – Sendo a arca um tipo de Cristo (IPe.3:20,21; Rm.3:6:4), o crente está seguro nele (Cl.3:3; Ap.3:7).
02. Efésios 4:30 – O crente está selado no Espirito Santo (Ef.1:13; IITm.2:19), e este selo é inviolável e irrevogável (Es.8:8; Dn.6:12).
03. II Coríntios 1:22 – O crente tem o penhor do Espirito Santo como garantia segura e inabalável (IICo.5:5).
04. Gálatas 3:15 – Deus fez com o crente, na pessoa de Abraão (Gl.3:29), uma aliança irrevogável.
05. I Coríntios 11:25 – Deus fez com o crente, na pessoa de Abraão, uma aliança incondicional, selada com sangue (Jr.34:18, 19; Gn.15:12-21), e não com sapato (Rt.4:7,8) ou com sal (Nm.18:19; Lv.2:13).
06. Gênesis 15:12 – Deus fez com o crente, na pessoa de Abraão, uma aliança unilateral (o rompimento da aliança só seria possível se Deus morresse).
07. Jeremias 31:31-33 – Mediante a nova aliança (com sangue), o temor do Senhor é insuflado no coração do crente (Jr.32:39,40) para que não se aparte de Deus (Hb.3:12;8:8-13; Ez.36:26,27).
08. Salmos 12:7 – O crente é guardado por Deus, do mal que há no mundo.
09. Salmos 17:8 – O crente é guardado por Deus como a menina dos Seus olhos.
10. Salmos 25:20 – A alma do crente é guardado por Deus (Sl.97:10).
11. Salmos 37:28 – O crente é preservado para sempre.
12. Salmos 12l:5-8 – O Senhor guarda o crente; guarda a sua alma de todo o mal; guarda a sua saída; guarda a sua entrada; e o guarda para sempre.
13. Salmos 145:20 – O Senhor guarda os crentes que O amam.
14. Jeremias 31:3 – O amor de Deus para com o crente é eterno.
15. Jó 5:19 – O crente é guardado do mal (Sl.91: Jo.17:9-26).
16. I João 5:18 – O crente é guardado do maligno (IITs.3:3; Jr.31:11).
17. Judas 24 – O crente é guardado para não tropeçar (ISm.2:9; Is.63:13).
18. João 11:9 – A fé do crente não lhe permite tropeçar (Rm.9:31-33).
19. Provérbios 10:25 – O crente tem perpétuo fundamento (IITm.2:19; ICo.3:11).
20. I Pedro 1:5 – O crente é guardado pela fé no poder de Deus.
21. Hebreus 12:2 – Jesus é o Autor da fé, e por isso, o crente não pode perdê-la (Fp.1:29; ICo.3:5; At.18:27; Gl.5:22; IITs.3:2).
22. Romanos 16:25 – O crente é guardado pelo poder de Deus (IITm.1:12; Jd.24).
23. Hebreus 6:17 – A salvação do crente se fundamenta em duas coisas imutáveis: a) a promessa (Js.21:45; At.13:32; IICo.1:20; Ef.3:6; Hb.9:14,15;10:23; IJo.2:25); b) o juramento (Hb.6:16). Só a promessa, sem o juramento já era em si mesma suficiente, mas Deus querendo mostrar a imutabilidade daquilo que Ele decretou, foi além da promessa, fazendo juramento. E Deus foi ainda mais além quando jurou pelo Seu próprio nome, porque não havia outro nome superior ao Seu (Hb.6:13,16; Jr.44:26;Nm.23:19).
24. Salmos 37:33 – O crente jamais será condenado (Sl.89:30-35; ICo.11:32).
25. Salmos 37:23,24 – Se o crente cair, não ficará prostrado (Sl.145:14; Pv.24:16; Jó 4:4; Rm.14:4;Mq.7:8).
26. Salmos 121:3 – O crente pode cair da graça (Gl.5:4), mas jamais cairá para a perdição (Sl.17:5;66:9).
27. Isaías 46:3,4 – O crente é conduzido por Deus até o fim (Sl.121:8).
28. I Coríntios 10:13 – A tentação não pode condenar o crente (Rm.6:14,18; IIPe.2:9).
29. João 4:14 – O crente jamais terá sede (Lc.16:24).
30. João 5:24 – O crente já passou da morte para a vida.
31. Romanos 6:8,9 – O crente já morreu com Cristo (IITm.2:11).
32. I Pedro 1:3,4 – O crente foi regenerado para uma viva esperança.
33. I Pedro 1:23 – O crente foi regenerado pela Palavra de Deus.
34. I João 3:9 – O crente foi regenerado pelo Espirito Santo (Jo.3:5; Tt.3:5).
35. João 6:37-40 – O crente jamais será lançado fora.
36. João 6:47 – O crente já possui a vida eterna (IJo.5:11-13; ITm.6:12).
37. João 10:28 – O crente não pode ser arrancado da mão do Filho.
38. João 10:29 – O crente não pode ser arrancado da mão do Pai.
39. Lucas 15:3-10 – Há alegria no céu por um pecador que se arrepende.
40. João 10:27 – O crente é conhecido do Senhor (Jo.10:14; IITm.2:19; ICo.8:3; Gl.4:9; Mt.7:21-23).
41. Mateus 28:20 – Jesus está com o crente todos os dias até o fim dos séculos.
42. Romanos 8:1 – Nenhuma condenação há para o crente (Rm.8:33,34).
43. Romanos 8:30 – Sendo justificado, o crente também será glorificado.
44. Romanos 8:28 – Todas as coisas cooperam para o bem do crente (Gn.50:20).
45. Romanos 8:35-39 – Nada poderá separar o crente do amor de Deus (Jo.13:1).
46. I Coríntios 3:15 – O crente infiel será salvo como pelo fogo (ICo.5:1-5;11:29-32).
47. I Coríntios 1:8 – O crente será confirmado até o fim (Rm.16:25; IITs.3:3).
48. Filipenses 1:6 – Deus mesmo terminará a obra no crente (Fp.2:13).
49. Colossenses 3:3 – A vida do crente está escondida com Cristo em Deus.
50. Efésios 5:27 – A igreja será sempre irrepreensível (IICo.11:2; ICo.12:26,27).
51. I Tessalonicenses 5:1-10 – O crente não será surpreendido na vinda do Senhor.
52. II Timóteo 2:13 – O crente infiel será salvo pela fidelidade de Deus (Rm.3:3).
53. Hebreus 13:5 – O crente jamais será abandonado por Deus.
54. I João 5:1 – O crente é nascido de Deus, e não pode “desnascer”
55. I Pedro 1:4 – O crente possui a natureza divina.
56. Romanos 8:9-11 – O crente é propriedade de Cristo (ICo.6:19,20).
57. I Tessalonicenses 5:23,24 – O crente é conservado irrepreensível.
58. I João 5:16 – O crente não pode pecar para a morte eterna (IJo.3:9;5:18).
59. I Coríntios 12:3 – O crente não pode blasfemar contra o Espírito Santo (Mt.12:32; Mc.9:39,40;Lc.11:23; IJo.5:10; Jo.3:33).
60. I João 2:19 – O crente é perseverante na fé (Mt.10:22;24:13; IIJo.9; Ap.13:10;14:12).
61. João 10:26 – O crente é ovelha e não porca lavada (IIPe.2:20-22).
62. João 13:10 – O crente já está limpo do seu pecado (Jo.15:3).
63. I Coríntios 1:30 – Cristo é a justiça do crente.
64. I Coríntios 1:30 – Cristo é a santificação do crente.
65. I Coríntios 1:30 – Cristo é a redenção do crente.
66. Salmos 25:20 – Deus é o refúgio do crente (Hb.6:18).
67. I João 2:22,23 – O crente não pode negar o filho (Mt.10:33; IITm.2:12).
68. Romanos 8:37 – O crente sempre será vencedor (Jo.16:33; Ap.2:7,11,17,26;3:5,12,21).
69. I João 5:4 – O crente vence o mundo.
70. I João 2:14 – O crente vence o diabo (IJo.4:4; Ap.12:11).
71. Romanos 6:14 – O crente vence o pecado (a carne).
72. Romanos 11:29 – O dom de Deus é irrevogável.
73. João 19:30 – Todo o pecado do crente está consumado.
74. Gálatas 3:13 – O crente foi resgatado para sempre da maldição da lei.
75. Apocalipse 5:9 – O crente foi comprado com sangue (ICo.6:20;7:23; IPe.1:18,19).
76. Salmos 90:17 – É Deus quem efetua a obra no crente (Jo.3:21; Ef.3:20; Is.26:12;64:4; Fp.2:13).
77. João 17:20 – Cristo intercedeu pelos crentes, e continua intercedendo (Hb.7:25; IJo.2:1; Rm.8:34).
78. Romanos 8:26,27 – O Espírito Santo intercede pelo crente.
79. II Coríntios 1:20 – Jesus é o “Amém” das promessas de Deus (Jo.6:47).
80. I Pedro 4:1 – O crente já cessou do pecado (Rm.6:14; IJo.3:9).

Louvado seja o Senhor Jesus Cristo pela Salvação eterna! Engrandecido seja o seu nome, porque a salvação das nossas almas não depende dos nossos esforços, e sim exclusivamente dele. Somos irremediavelmente salvos, vamos viver com Cristo pelos séculos dos séculos amém!  Soli Deo Gloria,

COMPARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. É possível sim perder a Salvação.
    Basta para isso andar longe da palavra de Deus, andar no pecado.

    Pois fé sem obras é morta.

    Nem todo aque que diz Senhor Senhor entrará no reio do céu…

    Satanás acredita em Jeus, entratanto está eternamente condenado, por sua própria opção.

    Para o pecado contra o Espírito Santo, não há solução, pois este trata-se de não aceitar a salvação proveniente da misericórdia.
    Caro irmão, caso você por sua conciênca, ver em si mesmo, pecados que o afasta da graça, e não aceitar que necessida de misericórdia. O inferno será certo.
    Vou exemplificar. Um homem wque vivia no mundo, certo dia teve um encontro com Jesus, o aceitou, passou por seu kerigma, engajou-je na igreja…Entretanto tinha vício, masturbação, ara adúltero, era preguiçoso. Por muitas vezes se omitiu a ajuda ao próximo. Por fim morreu, em seu juízo, foi-lhe aberto o lvro de sua vida, e ele então ele ao rever todos seus pecados, se envergonhou, e seu acusador deixou-o convecido que realmente não era digno de estar com Deus. Consequencia??? Inferno.
    Ha ainda um meio termo, o que nesta hora embora agonise por saber que não está na graça, mantem a fé e a esperança na misericordia, vai então ter que purgar seus pecados, até o sufrágio de sua alma, então a ele o céu.

    Desta forma, peço, ande na retidão, tenha boas obras, e mantenham a fé, sempre.
    Afastem-se do pecado, não seja omissos, amem amem até a morte, amem sem distinção emem muito, pois, no amor se identificará com Deus, pois Deus é amor.

    • Tomei a liberdade de escrever pois fiquei pasmo de ver a ” profundidade” dos conhecimentos do André Luiz azevedo, O juizo já aconteceu para o suposto homem ?, você estava lá ?, ou quem te contou ,Moisés , Elias, João Batista ?.

      Como você sabia dos pecados pessoais deste homem , você é espião ,agente secreto,um novo tipo de profeta ?

      E esse negocio de purgar, acaso seria um criadouro de pulgas ?, pois na bíblia não encontramos nenhum purgatório .

      Se quiser um conselho ,estude a bíblia e deixe os dogmas romanistas de lado !

      Soli Deo Gloria.

  2. não tem essa estoria de que uma vez salvo salvo para sempre não,pois diz a palavra de Deus: mat 24.22 E sereis odiados de todos por causa do meu nome, mas aquele que perseverar até o fim, esse será salvo. é como se vc pegasse um coletivo para o céu mais na metade do caminho vc descesse dele.

    • Jovem, fico muito triste pelo pouco conhecimento bíblico demonstrado por vc nesse argumento! Procure seu pastor, pessa a ele pra orientá-lo, pois vc errou duas vezes: 1 – biblicamente não há como saber se alguém foiparal céu e como foi por lá. isso é argumento dos espíritas.
      2 – O artigo original fala claramente sobre o pecado, assim como a bíblia nos diz que somos pecadores, porém ela também diz que aquele que é nascido de Deus não vive na pratica do pecado. Então, a questão é que um salvo no Senhor, selado com o Espírito Santo não vive na prática do pecado.
      Se a pessoa vive desta forma, diferente do que a bíblia diz, o fato é que ele nunca foi salvo.

      No amor de Cristo

  3. Sinceramente se o crente em Jesus pode perder sua salvação então
    não podemos ter segurança no que Cristo diz em sua palavra ao nos
    garantir salvação. E se nossa salvação depende do meu comportamento
    então anulo eu o glorioso sacrifício do amado por meus esforços? Certamente
    não! Não somos salvos por sermos santos, pelo contrario somos santos porque
    somos salvos.
    Que a paz e o conhecimento de Deus inunde nossas mentes, vida e ser completamente.
    Amém!
    Paz de Cristo a todos os amados do amado de Deus.

  4. Graça e Paz a todos!
    Quero dizer que este assunto é muito polemico e a bíblia nos da subsídios para ambos os argumentos . No entanto, quero que os irmãos reflitam sobre o texto da carta do apostolo Paulo aos Galatas no capitulo 5 : 4 onde diz “vocês que procuram ser justificados Lei , separaram-se de Cristo ,caíram da Graça.
    É evidente que a carta foi escrita para aqeules que já haviam tido um encontro com Cristo .
    Como se explica isso ?

DEIXE UMA RESPOSTA