Sete técnicas para quebrar hábitos pecaminosos

4
2

Você gostaria de quebrar algum hábito pecaminoso? Eis aqui sete técnicas baseadas na Bíblia para quebrar hábitos errados:
Técnica 1: Ore


Não descure o poder da oração. Tiago nos diz que “muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo” (Tiago 5:16). A palavra “eficácia” neste versículo vem da palavra grega energeo, da qual tiramos a palavra “energia”. Tiago nos diz para orarmos ativamente e com energia. A primeira e, possivelmente, a mais potente técnica para superar hábitos pecaminosos é pedir a Deus por ajuda
Técnica 2: Supere o mal com o bem
Paulo diz, em Romanos 12:21: “Vence o mal com o bem”. Quando sentir o impulso para ceder a um mau hábito, faça alguma coisa boa em vez disso. Escreva uma carta de esperança a um amigo, chame e encoraje um irmão, ou visite alguém que esteja doente. Em outras palavras, substitua o seu hábito pecaminoso por uma boa ação.
Técnica 3: Rodeie-se de boas pessoas
Está escrito: “… as más conversações corrompem os bons costumes” (1 Coríntios 15:33). O oposto também é verdadeiro: a boa companhia corrige os maus costumes. Se você tiver um hábito pecaminoso que esteja pensando em quebrar, então procure a companhia de boas pessoas. Que a “bondade” delas o escove.
Técnica 4: Confesse suas faltas


Tiago 5:16 diz: “Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros”. Admite-se que confessar as próprias faltas e hábitos pecaminosos seja difícil. Podemos ficar embaraçados pela perspectiva de outros “descobrirem” nossas fraquezas. Mas quando confessamos nossas faltas a outros, eles podem ajudar-nos a tomar cuidado. Podem nos aconselhar e nos encorajar enquanto nos esforçamos para vencer nossos maus hábitos.
Técnica 5: Impeça os maus hábitos


Pode-se recair no hábito pecaminoso simplesmente porque o pecado é tão acessível! Vença os hábitos pecaminosos eliminando ou reduzindo seu acesso ao pecado. Mateus 18:9 diz: “Se um dos teus olhos te faz tropeçar, arranca-o e lança-o fora de ti….” Se você adquiriu um mau hábito, dificulte a alimentação do mesmo! Procure modos de tornar o pecado algo inconveniente, antes que se torne fácil.
Técnica 6: Exercite-se em bons pensamentos


O impulso para alimentar um mau hábito inicia-se na mente. Preencha sua mente com pensamentos corretos e você reduzirá a oportunidade de maus pensamentos florescerem em pecados. Siga o aviso de Paulo: “… tudo o que é respeitável,tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento” (Filipenses 4:8).
Técnica 7: Tome um dia de cada vez
Bastam duas semanas para desenvolver um hábito, mas leva-se meses para quebrar um. Não se desespere! Em vez de pensar quanto tempo levará e como será duro quebrar o hábito, aprenda a tomar um dia de cada vez. Não se preocupe com o amanhã. Lute para terminar seu mau hábito hoje, pois “… basta ao dia o seu próprio mal” (Mateus 6:34).
-por Matt Hennecke

Fonte: Padom

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA