Home » Estudos por VC, Vida Cristã

Se o grão de trigo não morrer ?

Estudos Bíblicos em seu email

Receba Estudos Bíblicos em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Se o grão de trigo não morrer ?

Se o grão de trigo não morrer ?

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

“Na verdade, na verdade vos digo que se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica eles só, mas se morrer, dá muito fruto (Jo 12:24)

Muitos hoje vão a Jesus para “ter” algo, receber Dele, mas o verdadeiro evangelho não consiste no ter, mas no doar-se e muitas vezes abdicar e perder algo que temos como “nossa” prioridade.
Diz a palavra de Deus que certa vez estava Jesus junto ao mar de Galiléia e estavam com Ele os irmãos Simão Pedro e André.
Diz as Escrituras que enquanto pescavam disse-lhes Jesus: “Vinde após mim e vos farei pescadores de homens”. Diz a palavra de Deus que eles deixaram “imediatamente” as redes e o seguiram (Mc 1:16-18). Numa outra passagem diz que deixaram o barco e seu pai (Mt 4:22). O evangelho de Lucas simplifica essa passagem dizendo: “Eles deixaram tudo e o seguiram”(Lc 5:11)
Vemos que a prioridade daqueles homens era pescar e na verdade eles estavam trabalhando. Talvez isso fosse uma boa desculpa para não seguir o Senhor , mas eles não hesitaram em seguir Jesus e abandonar tudo que lhes era prioridade.

Muitos cristãos hoje tem como prioridade os cuidados deste mundo e as riquezas que este mundo lhes proporciona. É justamente isso que faz sufocar a palavra de Deus conforme está escrito em Marcos 4:

” Mas os cuidados deste mundo, e os enganos das riquezas e as ambições de outras coisas, entrando, sufocam a palavra, e fica infrutífera”. (Mc 4:19).

João escreve que não devemos “amar” o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém assim o faz o amor de Deus não está nele. Diz a palavra de Deus:

Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo.E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.(1 Jo 2:16-17).

Nós amamos o mundo quando resolvemos cuidar, zelar e dar prioridade em nossas vidas de algo que seria nos acrescentado naturalmente se buscássemos a Deus(Mt 6:33). Quando fazemos assim alimentamos a nós mesmos em nossas concupiscências. É por isso que a prioridade deve ser do Senhor, buscando fazer a Sua vontade.

Creio que um dos ensinos mal compreendidos e de difícil assimilação aos crentes é o que se refere a abnegação e mortificação da velha natureza. Seguir Jesus é até fácil do ponto de vista natural, mas seguir em obediência a sua palavra tem sido a grande dificuldade de mutos cristãos. A palavra de Deus fala de um jovem rico que queria seguir Jesus, mas que mesmo tendo adorado ao Senhor acabou não obedecendo por não querer negar a sim mesmo, por ser riquíssimo(Lc 18:18-23).
Creio que se fosse hoje, Jesus seria de certa forma “recriminado” por essa atitude. Nos tempos atuais de evangelho sem renúncia seria um absurdo não aceitar aquela proposta.
Talvez , hoje , para muitos ministérios seria de muita valia aquele jovem rico para ser um colaborador fiel do ministério, coluna da igreja para “financiar a obra de Deus”.
O Senhor deseja que o siga aqueles que “verdadeiramente” obedeçam a sua voz. Mais do que “jovens ricos” para financiar a obra de Deus, Jesus deseja pessoas que “sinceramente” o adorem em Espírito e em verdade(Jo 4:24). Diz o evangelho de João que aquele que é sua ovelha ouve a sua voz (Jo 10:4). O Senhor chama pessoa que queiram obedece-lo sem reservas, que queiram abdicar dos valores e tesouros deste mundo para servi-lo de todo coração. E pessoas cujo coração não se inclinam para os cuidados e preocupações deste mundo, mas cujo maior objetivo é agradar a Deus.
Jesus mesmo disse :

“A vida de um homem não consiste na abundância de bens que possui(Lc 12:31).
Buscai, “antes de tudo”, o seu Reino , e estas coisas vos serão acrescentados(Lc 12:31).
Não podemos servir ao Senhor e Mamom(riquezas), pois aborrecerá um e amará o outro(Lc 16:13).
Aonde estiver o vosso tesouro, ali estará o vosso coração (Lc 12:34)

Salomão um dos homens mais ricos e abençoados disse:

Melhor é o pouco com justiça do que a abundancia de colheita com injustiça (Pv 16:8).

Infelizmente temos visto crescer um evangelho que agrada a todos, pois não existe renúncia, mudança e abnegação. Um evangelho que aceita Jesus mas que nega a sua cruz. Certo pregador renomado admitiu recentemente que os cultos específicos de prosperidade e voltado “as bençãos” em sua igreja lotavam mais do que em outras reuniões.

Jesus mesmo disse: “Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, negue-se e tome a sua cruz e siga-me”. (Mc 8:34-35). Lucas escreveu que devemos levar a cada dia nossa cruz((Lc 9:23). Porque qualquer que quiser salvar sua vida perde-la-a, mas qualquer que por “amor de mim”, perder a sua vida, a salvará(Lc 9:24).

Amados é preciso morrer para si. Se o grão de trigo não morrer, ele fica só, ou seja, ele não dá fruto. O Senhor deseja que possamos dar frutos, não somente frutos , mas “bons frutos”. A semente quando é lançada no terreno não crescem a menos que morram primeiro(1 Cor 15:36). É preciso morrer para gerar, germinar e dar fruto. É preciso fazer morrer a casca da semente, que muitas vezes está cheia da nossa carnalidade, os cuidados deste mundo, as riquezas e a religiosidade. Muitos crentes estão na casca ainda, pois não morreram. Nós não sabemos onde e como foram semeados, mas o que sabemos é que aqueles que ouvem a palavra de Deus e recebem darão frutos(Mc 4:20); Quando estamos sem deus nos sentimos com um grão minúsculo, duro e sem serventia. Mas quando tiramos toda essa dureza, toda casca que envolve nos desenvolvemos como registra Marcos na parábola da semente (Mc 4:26-29). Só deus pode transformar um pequeno grão em algo cheio de frutos. Aliás diz a palavra que sem Deus nós nada podemos fazer e quem permanece nele dá muito fruto.
Mas como já foi dito é preciso fazer morrer o grão de trigo, a semente dura. É necessário morrer tudo aquilo que é da velha natureza como diz colossenses: A prostituição, impureza, lascívia, o desejo maligno(vil concupiscência)e a avareza que é idolatria(Cl 3:5).
Só podemos fazer morrer ou mortificar algo que está vivo e atuante. Muitas pessoas querem seu usadas por Deus, mas esquecem de pedir ao senhor que façam morrer nossa antiga natureza.

É preciso morrer para que os rudimentos deste mundo para nascer para Deus.

É preciso que uma nova “existência se inicie, para que frutifiquemos para o Senhor (Rm 7:4)

"As opiniões ditas pelos colunistas são de inteira e única responsabilidade dos mesmos, as mesmas não representam a opinião do Gospel+ e demais colaboradores."


PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

1 já comentou, comente você também

  1. Precisava muito desta palavra ! Que Deus continue abençoando este ministério. Paz.

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 4,982 comentários no Estudos Bíblicos.