Home » Destaque, Estudos por VC, , Vida Cristã

Precipitação – Quando nossas atitudes impedem as bençãos de Deus

Estudos Bíblicos em seu email

Receba Estudos Bíblicos em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Precipitação – Quando nossas atitudes impedem as bençãos de Deus

“Não é bom proceder sem refletir, e peca quem é precipitado” (Pv 19:2)

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Na nossa caminhada cristã, muitas vezes nos achamos perdidos em meio a circunstâncias desfavoráveis, porém pouco refletimos “o por que” aquilo está acontecendo em nossas vidas. Foi através disso, por experiência que tive e outras por pessoas que me cercam e a consequência que isso traz para o futuro de uma pessoa e até de uma nação, é que o Senhor me trouxe essa palavra.

PRECIPITAÇÃO – (Quando nossas atitudes impedem as bençãos de Deus)

A palavra precipitação significa ato ou efeito de precipitar, pressa irrefletida, sendo que, precipitado é aquele que não reflete,apresado(que procede sem refletir). Mas o mais interessante nisso é a definição de precipitar que é se lançar ou arrojar (de lugar elevado em precipício) ou se arrastar a aventuras ou perigos.

Muitos cristãos vivem nesta situação. embora desejam a Deus e suas promessas, continuamente se precipitam em suas atitudes. E aquilo que estava perto de acontecer se torna distante e o que poderia ser um mar de rosas, acaba sendo um lamaçal do inferno,isto porque, tomaram atitudes precipitadas em suas vidas. Como consequência disso, sonhos viram pesadelos e plano e promessas de Deus são jogados por terra em poucos segundos.

A palavra de Deus diz: Não é bom proceder sem refletir, mas diz também que : “Maior esperança há para o insensato do que ao precipitado (Pv 19:2;Pv 29:20).

Resumindo, poderíamos dizer que, há mais esperança para quem não sabe, do que aquele que sabe, mas se apressa em agir sem refletir.

Muitos cristãos querem dar um empurrãozinho para Deus, mas acabam sendo empurrados precipícios abaixo (aliás, a origem de precipitar ,vem de precipício).

Vemos o exemplo de Abraão – Abraão reinvindica um descendente a Deus para ser seu filho e herdeiro. Deus resolve que aquele que fosse gerado por Abrão seria o herdeiro, sendo este filho da promessa. (Gn 15:3-5). Porém vemos que a precipitação levou a Abrão e sua mulher Sara a tomar a serva egípcia por mulher. Como consequência, vimos o que isso resultou hoje entre palestinos muçulmanos e israelenses. Vemos aqui mais uma vez o empurrãozinho que deram, diante da promessa de Deus.

Deus nunca disse: “Toma tua serva e terás herdeiro (descendente)”, mas disse:

“Aquele que é gerado de ti, será o teu herdeiro ”(Gn 15:4)

Tenho visto muitos cristãos deduzinho e interpretando errôneamente as promessas de Deus em sua vida, como resultado disso vem as “frustrações” ,lá na frente.
Outras pessoas, por serem precipitadas, acabam fazendo o pior,acabam dizendo “proféticamente” aquilo que Deus não disse e acabam se decepcionando com Deus.

Aliás, é nessa área de relacionamento, é onde vemos a precipitação tomando conta. Quantas vezes eu vi, namoros frustrados por precipitações, meninas que por se precipitarem e não esperarem em Deus perderam a promessa, se desviaram de Jesus (não da igreja, como dizem) e acabaram namorando pessoas ímpias, sem o menor comprometimento com Deus (que no futuro se viu que era jugo desigual)e outros tantos exemplos. Conheço muitos que se frustraram achando que “iam converter” alguém, sendo que é o Espírito Santo que convence e converte.

Quantas frustrações por atos de precipitação.

Amados, não sou de profetizar para alguém, pois acho isso muito especial e delicado, mas quando é preciso, creio que o Senhor me usa nessa área, sendo que foram poucas as vezes. Outro dia eu refletindo o que havia profetizado para uma pessoa e fiquei pensando, será que falei isso pela minha mente.Só que logo imediatamente, o Senhor me responde:

“Ela não recebe aquilo que foi profetizado pois é precipitada” . E mais, não é só na área sentimental, mas em várias áreas da sua vida.

Da mesma forma que me senti aliviado por isso, por saber que era de Deus, essa palavra me fez refletir algumas atitudes precipitadas da minha vida

Como já havia dito a precipitação quase sempre tem como resultado a frustração.

Veja o caso de Salomão: Era um dos homens mais sábios que que houvera naquela época, sendo sua inteligência e entendimento comparado a areia que está no mar(I Rs 4:29), porém quando somos conduzidos pela precipitação e desejo desenfreado da carne(concupisciência)toda essa sabedoria é jogada precipicio abaixo. Nosso Senhor havia dado uma promessa a Israel de possuir a terra, porém admoestou a não se contaminar com os povos que dominariam, contraindo matrimônio com os filhos e filhas destas nações, pois se assim fosse perverteriam o coração do povo escolhido(Dt 7:3-4).

Quando Salomão recebeu Sabedoria que havia pedido a Deus, o próprio Senhor deu o “condicional da Benção” que era:

“Se andares nos meus caminhos e guardares os meu mandamentos também prolongarei seus dias (I Rs 3:14).

Mas o Senhor também mostrou outra opção que diz:

“Mas se vos desviardes, e deixardes os meus estatutos e os meus mandamentos, que vos tenho proposto, e fordes, e servirdes a outros deuses, e os adorardes, então vos arrancarei da minha terra que vos dei; e esta casa que consagrei ao meu nome, lançá-la-ei da minha presença, e farei com que ela seja por provérbio e motejo entre todos os povos.” (II Cr 7:19).

Este mesmo Senhor ordenou para que cumprissem “todos” estautos e manadamentos, inclusive aquele que diz: “NÃO farás aliança com este povo, NEM contrairás matrimônio, pois fariam desviar os filhos de Deus (Dt 6:24-25).

Salomão era conhecedor disso, e mais, pois dentre os os 3 mil provérbios que escrevera(I Rs 4:32) um especial dizia:

“Filho meu,se os pecadores querem seduzir-te, não o consintas.(Pv 1:10)

Ele sabia que que os pés do precipitado correm para o mal e se apressam a pecar,ou seja, derramar sangue(Pv 1:11;16). O Senhor ja havia dito: “Não te ponhas a caminho com eles, guarda das suas veredas, os seus pés(Pv 1:15). Afasta-se da mulher alheia e adúltera (Pv 5:8-9), mas alegra-te com a mulher da tua mocidade(Pv 5:18).
Bebe a água da tua própria cisterna e das correntes do seu poço(Pv 15:5), ou seja, não desperdice aquilo que Deus te deu por precipitação.

Não desperdice teu tempo, bebendo outras águas. se dentro de Israel você pode achar águas bem mais cristalinas, diria o Senhor.
Salomão sabia de tudo isso, mas vemos que há diferença entre o saber e o fazer .

Muitas vezes nosso inimigo usa pessoas ímpias que nos cercam, para nos induzir a precipitar , a tomar decisões precipitadas.

Quando Moisés subiu ao monte para ouvir a Deus, todos sabiam que ele ia buscar direção de Deus, porém o inimigo se aproveitou do “tempo” e na ansiedade o povo precipitou-se.

Lembram-se do Bezerro de Ouro (Ex 32:1-35), muitos judeus até hoje dizem que a pressão da precipitação de fazer o bezerro de ouro partiu do povo ímpio que andou com Israel no deserto. Mas sabemos também que muitas vezes, somos movidos a nos precipitar pelo desejo de nossas almas, mesmo conhecendo a vontade de Deus. Nunca admitimos quando nos precipitamos, sempre colocamos a culpa a outros. Indução não te leva a pecar, mas a tua vontade sim. E foi isso que fez com que Deus se irasse com eles.

Moisés quando viu o que haviam feito quebrou as tábuas dos testemunhos, pois viu que a mãozinha humana já havia escrito outras história para o povo de Deus.

Quandos nos precipitamos, além de vermos nossas promessas sendo quebradas (como aconteceu com o bezerro de ouro e nas “aventuras” de Salomão)aplacamos a ira de Deus, sendo que o próprio Senhor, nos entrega a própria sorte, pois detêmos a verdade pela injustiça e a promessa pela precipitação. (Rm 1:8,Ex 32:10-29). Como prova disso, lembremos de Sansão que preferiu uma mulher filistéia (Dalila) do que a do seu povo. Sansão preferiu não tomar da própria cisterna,ir beber em outro lugar, sendo esse advertido por seus pais(Jz 14:3). E quando advertido, Sansão disse: “É dela que eu gosto, é ela que me agrada”. Da mesma forma foi a precipitação de Davi com Bateseba , Davi se agradou do que vira na sacada (II Sm 11) e preferiu beber de uma fonte que não era sua, como consequência disso, vemos a fase mais triste do homem segundo o coração de Deus.

Mas também muitas vezes, somos movidos a nos precipitar pelo desejo de nossas almas, mesmo conhecendo a vontade de Deus.

PRECIPITAÇÃO NA IGREJA

A história da igreja nos mostra que quando não esperamos pela vontade de Deus, criamos ídolos, semi deuses.que podem ser pastores, padres ou santos. É muito mais fácil achar um santo do que viver em santidade (e ser santo). É muito mais facil achar um poste(idolo) pra se escorar do que andar segundo a vontade de Deus.(Sua palavra) É muito mais fácil escolher um rei do que depender de Deus, como foi a escolha de Saul (I Sm 8:7). O próprio Saul se precipitou quando sacrificou como profeta de Deus (I Sm 13:8). Muitos são os que se precipitam se auto intitulando pastores,apóstolos, profetas e acabam fazendo aquilo que Deus nunca mandou fazer. Estes já estão criando seus ídolos (como o bezerro de ouro) cujo Deus é o seu ventre, pois cogitam apenas do que é prosperidade terrena, não a celestial (Fp 3:18-19;Mt 6:19-21). Com isso o Espírito de Deus se afasta, pois não pode habitar em templos feitos por mãos humanas, em pessoas cujo coração não está em Deus.

Existe remédio contra a precipitação ?

Hoje o Espírito de Deus nos ajuda a encontrar resposta não pela Lei (tábuas de pedra), mas pela graça de Cristo, ou seja, pelo seu favor e Espírito derramado em tábuas de carne, nossos corações (II Cor 3:3).

O Senhor lhe ensina e dá a fórmula para não se precipitar que é guardar os mandamentos dele e viver, olhando firmemente para as suas promessas(como a menina dos seus olhos, atando-as em seus dedos e escrevendo nas tábuas do coração (Pv 7:1-3).
Salomão, Sansão e Davi sabiam de tudo que o Senhor falara, como muitos hoje, mas não ataram firme nos dedos, nem escreveram nos seus corações a vontade de Deus.

Isso quer dizer que não se sujeitaram a palavra, não se submeteram a ela e nem a preservaram no seu coração.

Tiago diz que não devemos ser apenas ouvintes, mas praticantes(Tg 1:22-25). E este tem sido o problema de muitos.

Não devemos andar precipitados , pois quando nos precipitamos em ágir em várias áreas, estamos colocando a prova as promessas de Deus.

Porém Deus deseja que possamos confiar nele.

Não espere que as coisas aconteçam e a ira de Deus se manifeste como foi com Salomão(I Rs 11:9-13) e você perca a promessa.
Não se precipite como Arão e Saul, indo atrás de outros e movidos pelas ciscunstâncias. Não faça como Sansão e Salomão que movidos pela paixão as mulheres perderam o reino e a unção. Não votes a Deus precipitadamente , nem imponhas suas mãos diante de alguém que Deus não ungiu (Ec 5,Pv 29:20, I Tm 5:22).
Não se precipite em ficar rico, mas seja fiel a Deus e será cumulado de bençãos (Pv 28:20), pois tambéma pressa excessiva leva a pobreza(Pv 21:5).

Enfim saiba que você tem pomessa , só que a precipitação pode tira-la como foi com Esaú. O Senhor não deseja isso, mas cabe a você confiar nas promessas e esperar no tempo de Deus.

Não perca a promessa, você está perto dela se concretizar. O pecado da precipitação retarda e muitas vezes destroe as promessas. Diz o Senhor:

Não te apresses em deixar a presença dele, nem te obstines em coisa má, porque ele faz o que bem entende. Quem guarda o mandamento, não experimenta nenhum mal; e o coração do sábio conhece o tempo e o modo. (Ec 8:3-5)

Sei que Deus está falando com muitos nesses momento e sei que muitos se vêem ou se viram nisso que escrevo, mas nosso Pai neste momento não vem colocar um peso maior do que você ja tem , mas sim, lhe ensinar a esperar Nele.
Eu sei que não é fácil, ter domínio sobre o desejo, sobres as concupisciências e não se precipitar, mas nosso Deus conhece a fórmula e sabe quando termina o prazo de validade da promessa.

Não se medique meu amado(a) por conta própria. O médico dos médicos sabe quando terminará a dor que sentes(solidão, angústia e etc) e tem reservado pra algo sobremodo excelente sobre sua vida.

Não ouçam o que os ímpios te dizem, pois a cura deles tem efeito paliativo, mas o Senhor cura por completo. E Ele te curará de todo a precipitação !!!

"As opiniões ditas pelos colunistas são de inteira e única responsabilidade dos mesmos, as mesmas não representam a opinião do Gospel+ e demais colaboradores."

PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 5,005 comentários no Estudos Bíblicos.

Da Internet e em Inglês para Praticar