Home » Festas Pagãs

Páscoa do Senhor X Coelhos e Ovos de Chocolate

Profile photo of Redação Gospel+ Por Redação Gospel+ em 10 de março de 2008

Estudos Bíblicos em seu email

Receba Estudos Bíblicos em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Infelizmente, porém, essa data na maioria das vezes é lembrada pelas famílias, inclusive cristãs, apenas pela distribuição de coelhos e ovos de chocolate, ou porque desconhecem o seu verdadeiro significado bíblico, ou porque preferem fazer-se de “inocentes”, a fim de evitarem maiores conflitos com os filhos, amigos ou familiares, que sempre insistem em dizer: “não há nenhum problema…”; “são apenas símbolos inocentes…”; “afinal de contas, todos praticam desta forma…”.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Na tentativa de “cristianizar” uma prática que nada tem a ver com o verdadeiro sentido bíblico da festa da Páscoa, instituída pelo próprio Deus, muitos artifícios são utilizados para deturpar verdades simples de Sua palavra. Alguns até “espiritualizam”, dizendo que o coelho, devido à sua grande fecundidade, simboliza a Igreja, que recebeu de Deus a capacidade de gerar muitos discípulos. Vale lembrar que no Antigo Testamento bíblico, o coelho era tido como animal impuro. Ao seu lado, dizem eles, vem o ovo que é símbolo de ressurreição, pois contém vida dentro de si que apenas aguarda o momento de ser revelada, fazendo alusão ao sepulcro de Cristo. Assim, o ovo de chocolate é lembrado como o túmulo que se abriu para a ressurreição de Cristo. As pinturas em cores brilhantes que acompanham as embalagens dos ovos de chocolate representariam a luz solar. Que engano!

Mas, como surgiram esses símbolos? Historiadores retratam o surgimento do coelho como símbolo a partir de festividades praticadas anualmente pelos egípcios no início da primavera, que utilizavam o animal como representação de nascimento e nova vida. Ao longo da história observamos que o coelho passou a ocupar o status de símbolo máximo na festa da Páscoa, em detrimento daquele que deveria estar no centro das atenções, Jesus Cristo, o CORDEIRO de Deus. Já os ovos começaram a ser dados como presentes pelos persas e egípcios. Os primeiros acreditavam que a terra teria saído de um ovo gigante, e os egípcios costumavam tingir os ovos com cores primaveris, acreditando que isso transmitiria boa sorte. Os cristãos primitivos da Mesopotâmia foram os primeiros a usar ovos coloridos especificamente na Páscoa. Mais tarde, a própria Igreja Romana foi introduzindo outros elementos simbólicos que nada tinham a ver com as origens bíblicas da celebração da Páscoa (Ex: Velas, que passou a significar “Cristo, a luz dos povos”).

A leitura do livro de Êxodo, capítulo 12, no Antigo Testamento nos mostra a verdadeira origem e significado dessa festa tão importante no calendário judaico e cristão. Depois de o povo de Israel passar mais de quatrocentos anos de escravidão no Egito, Deus decidiu libertá-lo. Para isso suscitou um libertador, Moisés, que transmitiu a ordem divina: “Deixa ir o meu povo”. Como faraó rejeitou a ordem de Deus, este enviou sobre a terra do Egito dez pragas, a fim de quebrantar-lhe o coração. Chegou a hora da décima e última praga, aquela que não deixaria aos egípcios nenhuma alternativa senão a de lançar fora os israelitas. Deus enviou um anjo destruidor através da terra do Egito para eliminar “(…)todos os primogênitos, desde homens até animais(…)” (Ex 12.12).

Visto que os israelitas também habitavam no Egito, como poderiam escapar do anjo destruidor? O Senhor emitiu uma ordem específica ao seu povo; a obediência a essa ordem traria proteção divina a cada família dos hebreus, com seus respectivos primogênitos. Cada família deveria tomar um cordeiro macho de um ano de idade, sem defeito e sacrificá-lo; famílias menores poderiam repartir um único cordeiro entre si (12.4). O mais importante viria a seguir: Parte do sangue do cordeiro sacrificado deveria ser aspergido nas duas ombreiras e na verga da porta de cada casa. Quando o anjo destruidor fosse enviado àquela terra, ele apenas “passaria por cima” das casas marcadas com o sangue, sem tocar mortalmente nos primogênitos. Daí o termo Páscoa, do hebraico “pesah”, que significa “passar ou saltar por cima”, “pular além da marca” ou “poupar”. Assim, pelo sangue do cordeiro morto, os israelitas foram protegidos da condenação da morte. Deus ordenou o sinal do sangue para mostrar profeticamente ao seu povo o que aconteceria centenas de anos mais tarde, quando Jesus derramaria o seu sangue na cruz do calvário para libertar o mundo do poder do pecado.

Naquela noite específica, além de marcar as casas com o sangue, os israelitas deveriam também comer ervas amargas e pães asmos (sem fermento). As ervas amargas representariam os anos de sofrimento que o povo havia passado no Egito, enquanto que o pão asmo representava o próprio Jesus, o pão vivo que haveria de descer do céu (Jo. 6.48,51,58) sem o fermento do pecado. Além disso, os israelitas deveriam estar vestidos e preparados para partir apressadamente (12.11), pois esta seria a noite de sua libertação da escravidão do Egito. Tudo aconteceu conforme o Senhor dissera (12.29-36) e a partir daí, o povo de Israel passou a celebrar a Páscoa como uma festa perpétua, um memorial, todos os anos na primavera.

O fato de Jesus, muitos anos mais tarde, ter morrido exatamente durante a celebração da festa da Páscoa não aconteceu apenas por coincidência, mas para cumprir um propósito profético de Deus. Jesus foi o nosso “Cordeiro Pascal”, enviado por Deus para tirar o pecado do mundo (Jo. 1:29). Não podemos, portanto, denegrir a importância de tão grande sacrifício, cujo sangue precioso foi aspergido, não nas portas de algumas casas, mas nos nossos corações, possibilitando-nos desfrutar de uma vida abundante, longe da escravidão do Egito (mundo) e da tirania de faraó (Satanás).

Mas, como agir com nossos filhos, que estão inseridos numa cultura que quase sempre valoriza apenas o imediato? Como podemos nos posicionar contra um valor, muitas vezes alimentado pela nossa sociedade, que não tem nada a ver com os valores cristãos?

Amados, se temos a consciência de que ovos e coelhos de chocolate nada têm a ver com a celebração da Páscoa, como homens e mulheres de Deus temos que nos posicionar incutindo a verdade nos corações dos nossos filhos. É claro que precisamos agir com sabedoria perante os familiares que não conhecem a Palavra de Deus, que em momentos assim presenteiam os nossos filhos, com a melhor das intenções. Outro lugar onde a pressão é grande sobre os nossos filhos é na escola, através dos amigos e até mesmo dos professores. Sendo assim, se necessário for, dê a eles uma barra de chocolate para que saciem sua vontade. Uma coisa é ganharmos algo dado com carinho por alguém que não possui o entendimento bíblico e outra é nós mesmos nos tornarmos cúmplices e propagadores de uma mentira como se fosse verdade (Is. 5.20,21), vivendo uma vida de faz-de-conta!

É muito importante que os nossos filhos entendam desde pequenos que nós temos feito uma opção de não viver uma vida apenas de “aparências” perante nossos familiares e amigos e que esse estilo de vida tem um preço. É hora de assumirmos nosso papel de pais não deixando escapar cada oportunidade. É hora de ensiná-los que a mentira dos “ovos de chocolate e dos coelhos felpudos” de páscoa, tão difundida pela mídia consumista e materialista, precisa ser combatida por todos aqueles que não desej
am negociar o inegociável, nem baixar os seus padrões bíblicos.

Artigo extraído do site www.orvalho.com

"As opiniões ditas pelos colunistas são de inteira e única responsabilidade dos mesmos, as mesmas não representam a opinião do Gospel+ e demais colaboradores."

PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

19 comentaram, comente você também!

  1. gostaria receber o verdadeiro sentido da páscoa

  2. isso que eu acabei de ler e muro importante para todos obrigador por nos mostar

  3. A paz do Senhor para os queridos responsáveis por este site, quero dizer que este trexo que eu acabei de ler, é muito importante, eu gostei muito e gostaria de receber em meu e-mail mais estudos gratis da palavra de Deus, muito obrigado pela vossa atenção, que Deus cvontinue vos abençoando e esclarecendo as vossas mentes, um forte abraço a todos vocês.

  4. Novamente volto a comentar que a Igreja Católica “nunca” absorveu a festa da Páscoa com coelhinhos e ovos, nossa páscoa baseia-se tão somente na Páscoa do Senhor, e temos esse como o principal motivo da existência de nossa igreja e nunca admitimos ou admitiríamos ovos de páscoa ou coelhos em nossos templos, festas ou celebrações, provavelmente sua fonte cometeu algum engano.

    catholicae.blogspot.com

  5. a PALAVRA DE DEUS não é só pela metade,leia A BÍBLIA,ela começa em genesis e termina em apocalipse,não é só salmo 23; 91 por que não se ler o salmo 115 na igreja catolica,jeremias,exodo,CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÀ,quem é a VERDADE? JESUS ELE É A VERDADE,fui liberto por conhecer a VERDADE,vivia em enganos,como poderia chegar na igreja colocar minha confiança em uma pedra ou até mesmo pau e depois sair fazendo o que desagradava á DEUS,tudo fora do que a BÍBLI diz,hoje eu sei quem roga por mim diante de DEUS,JESUS CRISTO,foi ELE q morreu por mim não marias ,socorros josés,joãos pedros,em ATOS10;25-26,fala assim;E aconteceu que,entrando pedro,saiu cornélio a recebe-lo e,prostrando-se a seus pés,o adorou.mas pedro o levantou,dizendo;levanta-te,que eu também sou homem.e no cap 13;25joão diz;quem pensais vos que eu sou?eu não sou o CRISTO;mas eis que após mim vem aquele a quem não sou digno de desatar as sandálias dos pés.meus amados somente diante de DEUS devemos nos prostrar.há só um mediador entre o homem e DEUS,JESUS,O HOMEM,1timoteo,2;5.

    • É mesmo senhor Lauro então quer dizer que so devemos nos prostrar em respeito perante a Deus não é…..

      E cvc como autentico “cristão” usa o “sola Biblia” não é …..

      Poxa se o senhor lesse melhor sua Biblia veria,por exemplo, que o terceiro oficial mandado pelo rei de Israel para prender o profeta Elias se prostrou perante o referido profeta.Os dois primeiros destacamentos já tinham sido consumidos pelo fogo. Ele suplicou pela vida dele e de seus subordinados.Será que Elias era Deus ou queria ser adorado como Deus por tal homenagem…
      Betsaba tbem se prostrou diante de Davi e nem por tal ato considerava este rei seu Deus.

      Se um dia folheasse o catecismo com a interpretação da Biblia segundo a doutrina catolica,saberia que nos sempre dissemos e sempre diremos que Jesus é o unico MEDIADOR NECESSARIO PARA NOSSA SALVAÇAO. O que não impede que homens nascidos no pecado,porem servos do Altissimo, intercedam por nos junto ao Cristo Salvador.

      Moises intercedia pelo povo no deserto,Jó intercedeu por seus amigos pecadores(na Biblia é o proprio Javé quem manda eles usarem a intercessão de Jó).Em suma estude mais aquilo que quer criticar antes de fazer acusações irreais e antibiblicas.

  6. eu quero muitos ovos de chocolate

  7. Muito bom o artigo, imprimi e vou ministrar para os jovens no qual sou professor da escola dominical

  8. Gloria a Deus, por este estudo, gostei muito da colocação em relação aos nossos irmãos e irmas que não se decidiram ainda pelo cordeiro ou pelo coelho, em fim eu me dicidi pelo cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo eu sei que lá no céu conforme Apoc. 5 João não viu um coelhinho fofinho acentado no trono mas um cordeiro, as meus amigos da Organização Catolica, de forma alguma queremos menos prezar sua relação com seu parentes e suas tradições, mas é a bibia que diz que sí não deixarmos pai mae irmãos por amor de mim, não é diguino de mim, ou seja as instruções contraditórias que andam na marginal da verdade (a palavra de Deus) Deus ama todos nós, por isso devemos servi-lo por completo (obs: só Ele). muito obrigado pelo estudo vou divulgar em minha igreja.

    • Vcs esquecem de falar que foi na Inglaterra protestante do sec XIX e nos EUA tambem protestante do sec XX que Natal e Pascoa ganharam esta feição consumista e comercial dos dias atuais.

      O negocio é colocar todas as culpas do Cristianismo na Igreja Catolica Apostolica Romana.que vcs diminuem pra “igreja romana”.

      Se o Titanic afundou é a Igreja Catolica,se temos Guerra no Golfo é culpa do papa.Ate ja vi na Folha Universal um artigo dizendo que os atentados de 11de Setembro eram responsabilidade da Companhia de Jesus Catolica.

      Querem fazer o trabalho que julgam ser de Deus contando calunias e mentiras.So falta no futuro falar que foi a Igreja Catolica a primeira aceitar casamentos homossexuais.Que muitas igrejas que dizem ser evangelicas e tradicionais como a Luterana já topam fazer.

  9. A paz do Senhor queridos li o texto e acredito que vivemos em um mundo cheio de enganos sim!!! mas não concordo com oque vcs dizem meus filhos sabem que a primeire pascoa foi comemorada com a libertação do povo de deus do egito eJesus comemorou a ultima pascoa pedindo que nós comemorassemos em memória dele .O proprio jesus disse que o que contamina o homem não é oque entra em sua boca e sim oque sai hoje estamos muito preocupados com oque comemos e bebemos etc… Acredito que oque´não é de Deus perece e o que é de Deus permanece obrigada!!!!!

  10. qdo era nova convertida,no interior de sp,minha profª mandou andarmos pela cidade onde tinha 1 esposição egípcia, era época de pascoa, ela mandou fazer 1 redação p nota sobre o q vi,não queria desagradar a DEUS e lembrei-me dos coelhos que enfeitavam a cidade e fiz o trabalho, ela me questionou , e eu disse q do que vi foi o q chamou a atenção,falei sobre a verdadeira pascoa p a classe, depois daquele dia, muitos ficavam na h do intervalo p ouvir falar de JESUS,,não devemos participar,+ aproveitar essas ocasiões p evangelizar.Fiquem na paz.

  11. Que bom que existem pessoas que sabem e buscam saber,é muito triste quando nos deparamos com pessoas que dizem não tem nada haver. E mais triste hainda é quando as pessoas aceitam as coisas como são passadas para nós,sabedoria sempre vem de Deus.

  12. Heitor Folgierini disse:

    A Paz do Senhor !
    Gostei muito do texto esclarecedor. Irei imprimir e entregar prá os adolescentes da Igreja aonde congrego(Assembleia de Deus), e onde tenho a honra de ser Professor de Escola Bíblica deles.

  13. Heitor Folgierini disse:

    Benção de Deus esta sua estratégia, minha irmã Continue assim.

  14. Paz do Senhor li e gostei de ter aprendido o significado da pascoa e ensinarei minha familia e nao me iludirei com a beleza dos coelhinhos e seus ovos

  15. hevandro Ferreira disse:

    Uma estratégia!!!
    Não adianta brigar. É só falar a verdade,e a verdade liberta!!
    Deus abencoe!!

  16. muito bom é a mais pura verdade

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 5,005 comentários no Estudos Bíblicos.

Da Internet e em Inglês para Praticar