Home » Oração

Os Benefícios do Falar em Línguas

Avatar de Redação Gospel+ Por Redação Gospel+ em 7 de agosto de 2006

Estudos Bíblicos em seu email

Receba Estudos Bíblicos em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Por Luciano Subirá

Coisa alguma que Deus nos dá é sem valor. Nada, absolutamente nada que o Pai tem nos oferecido é em vão; tudo tem proveito e utilidade. Em sua grandiosa graça, ele nos concede suas dádivas com a finalidade de extrairmos os benefícios. O falar em línguas não é coisa sem importância. Ele foi dado para o nosso bem, para a nossa edificação. Nesta prática há benefícios que transformam nossas vidas.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

A maioria dos crentes que já foram batizados no Espírito Santo e passaram a falar em línguas, ainda não compreendeu o que receberam de Deus. Os conceitos são diversos, mas a grande maioria não vê um propósito no uso contínuo da linguagem sobrenatural de oração do Espírito Santo.

Se quem fala em línguas já não vê um motivo claro para isto, o que esperar daqueles que ainda não falam? Mas quando a Igreja começar a enxergar o sublime propósito desta dádiva de Deus, haverá um anseio maior pela manifestação do falar em línguas.

Já é tempo de compreendermos que mediante o uso das línguas podemos enriquecer nossa vida espiritual, edificando-nos a nós mesmos. Há bênçãos e vantagens a serem desfrutadas no uso desta prática. E sei que o apóstolo Paulo não pensava de forma diferente, pois chegou a ponto de declarar: “Dou graças ao meu Deus, que falo em línguas mais do que todos vós.” (1 Co.14.18)

Caso não houvesse proveito algum nas línguas, será que Paulo agradeceria a Deus por isso? Você acha ainda que ele as usaria tanto, como ele enfatiza ao dizer que o fazia mais do que todos os coríntios? E olhe que os corintos falavam mesmo em línguas! Havia um uso intenso nesta igreja, que chegou até mesmo a transformar-se em abuso, que foi um dos motivos que fez com que o apóstolo escrevesse corrigindo-lhes.

Note que ele não disse que falava em línguas mais do que eles no sentido de diversidade, mas a ênfase recai no valor da prática, o que claramente aponta para a quantia de tempo que ele investia nesta atividade. E por que agradecer a Deus por gastar tanto tempo falando em línguas? Está implícito que Paulo descobrira “uma mina de ouro”, uma fonte de poder e edificação! Como ele mesmo afirmou: “O que fala em línguas, edifica-se a si mesmo…” (1Co. 14.4.)

O falar em línguas é um instrumento de edificação. Edificar é construir, fazer crescer, levantar algo. Do ponto de vista espiritual edificação significa crescimento; fala de construir algo mais sobre o alicerce da fé em Jesus. O falar em línguas acrescenta em nós, de forma paulatina, tudo o que necessitamos para o nosso andar em Deus.

A OBRA DO ESPÍRITO SANTO

Ao falar da linguagem sobrenatural de oração do Espírito Santo, é preciso que fique bem claro que há “uma sociedade” nesta manifestação. O Espírito Santo não fala em línguas, somos nós que o fazemos; mas por outro lado, não falamos de nós mesmos, somente o que o Espírito do Senhor nos inspira a falar. Se uma das partes desta sociedade faltar, não haverá a manifestação.

Partindo, portanto, deste princípio, tenhamos em mente o momento em que esta manifestação inicia nas nossas vidas: quando recebemos o batismo no Espírito Santo. É exatamente neste momento, quando somos cheios do Espírito e encontramo-nos totalmente rendidos a ele, sob sua plenitude, que passamos a falar em línguas.

Mas por que ao sermos cheios do Espírito falamos numa linguagem diferente? Qual o valor desta manifestação? Qual é a dimensão da edificação que se dá em nosso íntimo?

O falar em línguas faz parte do propósito de Deus para as nossas vidas. É a ferramenta que o Espírito Santo usa para trabalhar em cada um de nós de forma mais profunda.

O falar em línguas vai produzir em nossas vidas a totalidade do ministério do Espírito Santo. A linguagem sobrenatural de oração é uma ferramenta do Espírito de Deus para realizar em nós sua obra. E há um motivo especial porque o Espírito Santo toca justamente em nossa fala a partir do momento que vem sobre nós.

A fala é um ponto estratégico, e o Espírito Santo não toca exatamente nesta área em vão. Tiago falou sobre o poder da fala:

“Pois todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça em palavra, esse é homem perfeito, e capaz de refrear também todo o corpo. Ora, se pomos freios na boca dos cavalos, para que nos obedeçam, então conseguimos dirigir todo o seu corpo. Vede também os navios que, embora tão grandes e levados por impetuosos ventos, com um pequenino leme se voltam para onde quer o impulso do timoneiro. Assim também a língua é um pequeno membro, e se gaba de grandes coisas. Vede quão grande bosque um tão pequeno fogo incendeia. A língua também é um fogo; sim, a língua, qual mundo de iniqüidade, colocada entre os nossos membros, contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, sendo por sua vez inflamada pelo inferno. Pois toda a espécie tanto de feras, como de aves, tanto de répteis como de animais do mar, se doma, e tem sido domada pelo gênero humano; mas a língua, nenhum homem a pode domar. É um mal irrefreável; está cheia de peçonha mortal”. – Tiago 3.2-8

A ciência tem descoberto em nossos dias o que há dois milênios atrás o Espírito Santo já havia revelado a seu povo: que o sistema nervoso da fala influencia todo o corpo. Mas além da influência natural, a Bíblia está mostrando que a fala tem também uma influência espiritual; mostrando que quem estará no controle será sempre Deus ou o diabo.

Qual a causa do Espírito Santo controlar justamente esta área tão estratégica de nossa vida ao encher-nos com seu poder? É porque por meio da fala ele poderá ampliar seu domínio em nós, e trabalhar com maior eficácia na execução do seu ministério!

O Espírito Santo trabalha nos homens. Desde o Velho Testamento ele faz isto (Gn. 6.3). Ele convence o mundo do pecado, da justiça e do juízo (João 16.8). O Espírito Santo está trabalhando neste exato momento, nos quatro cantos da terra, mesmo naqueles que ainda não conhecem a Deus. Entretanto, ele NÃO MORA DENTRO dessas pessoas, e elas nem sequer o conhecem, como declarou o Mestre bendito:

“E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro ajudador, para que fique convosco para sempre, a saber, o Espírito da verdade, o qual o mundo não pode receber; porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque ele habita convosco, e estará em vós”. – João 14.16-17

Aleluia! Nós o conhecemos e ele habita em nós. Portanto, seu agir nas nossas vidas é muito mais profundo do que naqueles que ainda não são cristãos. Você imagina o quanto ele não vai agir em nós?

Ele veio habitar em nós para cumprir a parte que lhe toca no propósito divino. Quando Paulo escreve a Timóteo, fala do bom depósito em nós (2Tm. 1.14); ou seja, há um investimento de Deus em nossas vidas! O propósito de Deus ao enviar o Espírito Santo para habitar em nós foi para que ele produzisse algo em nossas vidas.

E saiba, com certeza, que o Espírito Santo não quer permanecer inativo. Habitar em você é parte do trabalho dele, e à medida que você se rende, o agir dele vai tornando-se cada vez mais intenso. O Espírito de Deus está em você para realizar a parte dele no propósito eterno de Deus; veio concluir a obra da redenção, pois esta é a parte que lhe cabe na ação da Trindade.

O PAPEL DO ESPÍRITO SANTO NA REDENÇÃO

O arrependimento começa no homem por uma ação divina. Sabemos disto porque Paulo disse aos romanos que é a bondade de Deus que nos conduz ao arrependimento (Rm. 2.4). E quem está por trás disto? É o Espírito Santo; Jesus disse: “Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça, e do juízo.&r
dquo; (João 16.8.)

Após o arrependimento, quando o homem exerce a fé em Jesus e na obra da cruz, é o Espírito Santo quem faz com que isto se torne realidade nele. Por isso se diz que ao nascer de novo, o homem é nascido do Espírito (João 3.6). E na carta a Tito lemos acerca do lavar da regeneração do Espírito Santo (Tt. 3.5), o que mais uma vez aponta para a atuação do Espírito na aplicação da redenção no homem.

Mas isto é apenas o começo. O reino de Deus tem três etapas básicas pelas quais o homem deve passar: porta, caminho e alvo. A porta é a entrada por meio de Jesus Cristo. O alvo é a chegada à estatura do varão perfeito e à glória celestial. E entre a porta e o alvo, o que restou é o caminho. O Espírito Santo não apenas nos faz passar à porta, mas é quem leva-nos até o alvo, e para isto usa o caminho.

O caminho é o período onde experimentaremos o tratamento de Deus em nós na vida cristã; é o meio pelo qual se vai ao alvo. E tudo isto é responsabilidade do Espírito Santo; é ele quem nos transforma de glória em glória na imagem do Senhor (2Co. 3.18), produz em nós seu fruto (Gl. 5.22-23), e leva-nos a andar e viver nele (Gl. 5.25).

A Nova Aliança é chamada por Paulo de O MINISTÉRIO DO ESPÍRITO (2Co. 3.8), mostrando-nos seu papel de produzir em nós a obra de Deus. O Espírito Santo veio concluir a obra da redenção; é por isso que ele está em nós. E trouxe consigo uma linguagem de oração, para que por meio desta linguagem possa nos influenciar, uma vez que nossa língua é um meio tão estratégico para isto; pois como disse Tiago: se a língua do homem for controlada, com ela todo o ser da pessoa será também influenciado!

É necessário ressaltar que este toque na língua não é “mágico”, precisamos sujeitá-la a cada novo dia. Não é apenas falar em línguas ocasionalmente, ou no dia do batismo no Espírito, mas dia-a-dia, de forma constante e perseverante.

Mas o benefício divino desta linguagem está longe de ser apenas este, uma vez que não se trata apenas da língua estar sob controle, mas sim O QUÊ ela fala quando está sob controle do Espírito Santo. É preciso esclarecer que além do toque estratégico justamente na nossa fala, o Espírito nos leva a falar numa linguagem sobrenatural; e é O QUE FALAMOS sobrenaturalmente que produz os benefícios.

Além de sujeitar-se ao Espírito do Senhor, de entrar nos seus domínios por meio da prática diária da oração em espírito, você também experimentará:

1. Conhecimento por revelação.
2. A edificação da fé.
3. Vitória sobre a carne.
4. Cumprimento da vontade de Deus.
5. Sensibilidade espiritual.
6. Perfeito louvor.
7. Intercessão.

São áreas pertencentes ao ministério do Espírito Santo e que serão trabalhadas mais profundamente em nossas vidas por intermédio do uso desta ferramenta. Passemos então a analisar cada um destes benefícios maravilhosos que Deus nos tem oferecido…

(extraído do livro “O FALAR EM LÍNGUAS – A Linguagem Sobrenatural de Oração”,
de autoria de Luciano Subirá e publicado pela Orvalho.Com)


Pr. Luciano Subirá – Ministério Orvalho
www.orvalho.com

"As opiniões ditas pelos colunistas são de inteira e única responsabilidade dos mesmos, as mesmas não representam a opinião do Gospel+ e demais colaboradores."


PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

30 comentaram, comente você também!

  1. Ronaldo da Rocha Soares disse:

    Boa tarde , Pr. Luciano .
    Achei maravilhoso a forma como foi explicado , é muito didático e foi muito bem redigido .
    Parabéns , que Deus continue usando-o sempre .
    Deus te abençoe , ao senhor , a sua família e aos seus negócios .
    Abraços
    Ronaldo Rocha

  2. missionario jann marinho disse:

    que DEUS possa te usar muito mas para tirar as duvidas do povo de DEUS

  3. Célia Lorenzetti Lopes disse:

    Pr. Luciano Deus o use a cada dia mais em seu ministério e abençoe cada palavra q. sair de seus lábios! O senhor é um homem de Deus! A Paz do Senhor Jesus Ir. Célia minist. louvor da Igreja Internacional da Graça de Deus

  4. olá irmão.
    Simplificando…
    Eu creio no dom de linguas e concordo com o irmão.
    Porém, acrescentando, no instante em que nós tivemos um encontro com o Senhor Jesus fomos batizados e abençoados com a Sua maravilhosa unção, que é a mesma para todos, a seiva que corre da Oliveira Bendita para os ramos, como nós, secos e agora cheios da vida de Cristo.
    Mas o dom de linguas não é o maior e nem se aproxima dos maiores,como o irmão já sabe.
    Paulo diz em I Cor 12:31 do caminho sobremodo excelente…
    Quero compartilhar com irmão o que penso de forma resumida.
    Os maiores dons descritos por Paulo não dão ibope na igreja porque nos levam a negarmos a nós mesmos, porque a fé a esperança e o amor são difíceis de serem apreciados e mostrados a outros como um baluarte ou algo que se possua, coisa que dá pra se fazer com o dom íguas e de profecias, nada contra.
    Por favor não veja como crítica, mas sim como um adendo ao que você escreveu, se me permitir.
    Deus te abençoe irmão

  5. Foi de grande importância a leitura do texto acima. Que O Espírito Santo de Deus venha inspira-la a escrever mais sobre o assunto. Amém.

  6. Muito bom o artigo, mas, poderia ser acrescentado algo a respeito do Controlar o Dom de linguas e o momento certo de se orar em linguas. Assim como o Apostolo Paulo, fez com a Igreja de Corinto.

  7. pastor,é isto mesmo falar em linguas e muito importante sendo que eu não falo,mas sei que Deus conhece o meu coração e minha vida esta aberta para o teu Espirito orperar.mas no momento estou pedindo a Deus que me ajuda a andar em Espirito para que possa produzir seus frutos.como esta escrito em Galatas.Creo que o falar em linguas Deus dara no momento dele.Parabens pelo seu estudo.grato.

  8. agradeço por esse esclarecimento em saber que em falar em linguas tras esse ecelente agir do espirito santo dentro de nós. que DEUS continui TE ABENÇOANDO PASTOR. PAZ

  9. O importante mesmo é trabalhar na obra de Deus,pois nem todo mundo tem o dom de falar em linguas ate porque existem dons mais preciosos que o dom de linguas o que muitos evangelicos poderiam buscar!
    obs:Não sou contra o dom de falar em linguas,mais a verdade é que nem tudo é para todos,uns tem e outros não,pois o SENHOR JESUS deu dons diferentes a cada um de nós!
    A PAZ DO SENHOR!!!!!

  10. Eliam Pereira de Oliveira disse:

    Quero crescer em conhecimento biblico, principalmente sobre a ação do Espirito nas nossas vidas.

  11. Pr. Luciano Subirá, tivemos há alguns anos um irmão chamado Leonel Subirá, o qual já passou para o Senhor.
    Gostaria de saber se há algum parentesco?

    A Paz do Senhor Jesus

    Pr. Gaudencio Xavier de Campos Neto

  12. No contesto da carta aos corintios paulo não insentiva ninguem á falar em linguas e chega á dizer que o que fala em lingua está falando ao ar, 14,9. me desculpe mas as linguas faladas hoje não te nada á ver com o pentecostes.
    Estão todos enganados.

  13. muito bom este estudo esclarecedor me ajudou muito e creio que apartir de hoje terei mais esperiencia com Deus. que Deus continue abençoando a vida do senhor.

  14. muito bom este texto sobre dom de linguas..pena q ainda muitos crentes não estão com tanta intimidade com Deus e não deixam o agir do Espirito sobre suas vidas..estou lendo o livro de david roberson sobre dom de linguas e é incrivel com temos q aprender sobre todos os dons..e como chegar na presença do Pai.. vc esta de parabens pela explicação e q Deus continue te dando sabedoria em tds suas palvras ao proximo..e q tds aproveitem a oportunidade!! Deus abençoe Pr Luciano.
    meu email p contato é [email protected], que quiser escrever-me vou ficar feliz!
    bjo a tds q passam por aqui!
    Paz!

  15. Adorei o texto. Tenho algo a acrescentar.Sou batizado no ES e tenho sentido sua presença com muita intensidade. Meu corpo treme por completo. Acredito que tudo o que se falou sobre falar em línguas tem procedência. No entanto, gostaria de acrescentar que somente o ES que está nos já batizados, são agraciados por oração feita em línguas para que também sejam edificados espiritualmente. Pois assim poderão fortalecer uns aos outros. Por AMOR, divido o que tenho recebido de DEUS. Esse é o maior dos dons: o amor. Acredito que falar em línguas é a penas o começo das bênçaos de DEUS. A Paz de Jesus Cristo seja convosco! Sou da IEQ – Estação Experimental – Rio Branco/Acre.

  16. Gostei muito do texto. Tenho algo a acrescentar.Sou batizado no ES e tenho sentido sua presença com muita intensidade. Meu corpo treme por completo. Acredito que tudo o que se falou sobre falar em línguas é verdadeiro. No entanto, gostaria de acrescentar que somente o ES que está nos já batizados possibilita uma oração de fortalecimento espiritual feita em línguas para que sejam, ambos, edificados espiritualmente. Pois assim poderão fortalecer-se uns aos outros. Por AMOR, é divido o dom que o SENHOR DEUS tem permitido aos batizados no Espírito Santo de deus.. Esse é o maior dos dons: o amor. Acredito que falar em línguas é a penas o começo das bênçaos que DEUS tem para derramar em nossa vida. É preciso que haja entrega sem ressalvas. A Paz de Jesus Cristo seja convosco! Sou da IEQ – Estação Experimental – Rio Branco/Acre.

  17. paz meu pastor dou graças a Deus,pelo espirito de Deus pois de te se testifica a verdade do Senhor Jesus na nossos vida .

  18. Maria das Graças Andrade de Lima disse:

    Sou Batisada e me tornei evangelica em 2006, amo meu Jesus sou muito feliz, mais as vees fico triste porque nao falo em linguas como faço para que Deus me dê esse Dom de falar em linguas,

    Que Deus o abençõe e um bom dia

  19. Muitos pregadores avivados estão desobedecendo a ordem de I Cor. 14:27-28 e muitas pessoas estão pecando contra o Espírito Santo sem se darem conta disto. Por isto é fundamental acessar, ler e divulgar o blog: http://www.laurohenchen.blogspot.com sobre tal assunto.

  20. o dom de linguas q Deus deu,eram liguas de nações e tambem não era so em um momento e sim para toda a vida.eu pergunto o que vcs estavam falando?qual é o objetivo?na festa de pentecoste o obijetivo era prega o evagelio para os estrangeiros.que Deus abençõe a todos.

  21. A paz do Senhor a todos.Sou evangelico e frequento uma igreja Pentecostal ha 8 meses e acredito que devemos dar importancia a outros dons que Deus nos dá e não apenas achar que falar em linguas é mais importante.Existem dons mais importantes que edificam a igreja e a palavra de Deus.O Espirito Santo não batiza e nem age só com o falar em linguas.

  22. valter diomédio da silva disse:

    pastor gostaria de saber se a pessoa com o coração cheio de invaja e mais intenções com o seu irmão na igreja pode falar em línguas com o poder de DEUS, se pode me responda e me mostre na BÍBLIA a onde se fala sobre isso.

  23. Caros irmãos, a paz do Senhor. Devo reconhecer a multiforme ação do Espírito Santo na vida da igreja, e afirmo com toda a certeza que os dons não cessaram. No entanto, devemos compreender que eles são dados por soberania e as línguas, é claro, se encaixam no quesito. Não posso enunciá-las pela minha própria vontade, pois o Espírito Santo é quem acende um fogo dentro de meu ser, Ele me entrega a mensagem noutra língua quando Ele quer. Ademais, o fato da oração em línguas não é prática diária. Não posso simplesmente enrolar a língua e produzir palavras de forma mecânica. A nossa oração deve ser feita de modo bem inteligível, ou melhor dizendo, no bom português, pois Deus quer que no expressemos e o louvemos com nossa inteligência, mas pode sim acontecer uma visitação de poder no momento que estamos falando com Deus. Assim como a profecia, as línguas não ocorrem a todo instante.
    Deus abençõe em Cristo.

  24. Muitas pessoas estão enganadas, qdo criticam sobre o falar em línguas. Devemos ler a carta de 1 Co sob um contexto espiritual e histórico, senão somos induzidos ao erro. O Falar em outras línguas é real e atuante hoje nas igrejas, é um dom espiritual. É certo que há vários exageros por algumas igrejas pentecostais por aí, mas dizermos que esse dom cessou é a mesma coisa de falar q alguns ensinamentos da Bíblia não tem serventia alguma.
    Muitas das vezes estudamos demais, mas deixamos o lado espiritual de lado. E é isso que vemos de certas pessoas por aí que lutam contra esse dom q nos edifica.

  25. Paz e Graça meus irmãos.
    Antes de mais nada gostaria de dizer que por enquanto não falo linguas por não ter sido batizado (isto se a evidência do batismo realmente for linguas). Tenho plena convicção de minha salvação e de que sou templo do Espírito Santo, tenho experimentado grandes coisas de Deus em TODAS as áreas de minha vida, sou feliz com Jesus, mas sinto que falta algo (espíritual) e tenho buscado resposta no Senhor.
    Quanto a LINGUAS não cessaram, pois o que é perfeito (Jesus Cristo) ainda não voltou. Linguas somente cessarão quando Jesus Cristo voltar ou, quando morrermos. Hoje, conhecemos em parte, somos meninos…(1Co13)
    Dentre um dos sinais que Jesus disse que seguiriam aqueles que cressem estar o falar em linguas.
    Existem LINGUAS E LINGUAS: 1º linguas (estrangeiras) com obj.ATINGIR PESSOAS, c. At2; 2º linguas (ininteligíveis por humanos, a não ser que haja intérprete) – linguagem celestial, com obj. EDICARMOS A NÓS MESMOS, e qdo há intérprete, a igreja, cf. 1Co14.
    O apóstolo Paulo disse q aquele ora em lilngua desconhecida, NINGUÉMMMMM o entende (esta lingua não é a de At.2 no pentecostes) pois fala MISTÉRIOS, EDIFICA a si mesmo, ORA BEM, DÁ BEM AS GRAÇAS. Em 1Co14 está muito claro.
    O ESPÍRITO quer interceder por aqueles que tem este dom.
    MEUS IRMÃOS, não desqualifiquemos/pequemos contra o ESPÍRITO SANTO por causa do templo onde ele se encontra. Nós não seremos salvos pelos DONS DO ESP., mas pelo FRUTO que produzimos (Mateus 7.22-23)
    A QUESTÃO QUE EU e INÚMEROS IRMÃOS PELO BRASIL perguntam: Qual realmente o critério para ser batizado com Esp. Sto. Cada um fala uma coisa, e todas as respostas q tenho ouvido trazem peso que nós mesmos não consiguimos tirar. Gostaria de saber se tem alguém que foi cristão por muito tempo (anos) que foi batizado e como fez e se a igreja onde estamos influencia.
    Que Deus abençoe a todos.

  26. Deus é um pai que nunca nos deixara na mão alias se pracisa dele uma reza e tudo se resolve dependendo de sua fé !!!! DEUS é justo e vai sauvr os justos da terra

  27. Caríssimo.
    Creio eu que tudo que é Dom do Espírito sirva para a edificação né? Creio que o dom das linguas não é bem interpretado. Veja bem, em Mateus, Jesus nos ensina a quando orarmos orarmos em silencio, em nosso íntimo, ou se não soubermos como orar, recitarmos o pai nosso. Depois disso em atos, temos o Espírito sobre os apóstolos e estes começam a orar e pregar “na” língua dos presents alí. Isso que é o Dom das Línguas. O Dom do domínio de várias línguas, para que possamos levar o amor e a Palavra de Jesus a todos os povos, porque de nada me edifica ouvir o irmão do lado XIXIXIXIXIXRIRIRIRIRIRIRIRKAKAKANDALALLALA Se aquilo não edifica a mim ou está levando a Palavra e o Amor de Cristo!

  28. OI PAZ D SENHOR SOU LEVITA DO SENHOR..PELA MISERICORDIA DELE,ME AFASTEI PRA MORAR COM MEU MARIDO MIM SENTIA SUJA POR ESTAR MORANDO COM ELE,.EU ACHAVA QUE ESTAVA EM PECADO, E DIZIA A DEUS QUE SO IA VOLTAR PRA PRESENÇA DELE QUANDO MIM CASASSE,E ISSO DUROU 13 ANOS,. ATÉ QUE DEUS NOS SEPAROU,.PRA MIM TRAZER DE VOLTA PRA PRESENÇA DELE E EU SABER QUE ELE É DEUS NA MINHA VIDA..E ASSIM PELA DOR RETORNEI,. E NESSE MEU RETORNO,.ACONTECERAM COISAS MUIITO ESTRANHAS,COMO VISOES,.DEUS MIM FEZ VER O SOBRE NATURAL,. COMO OS DEMONIOS QUE INVESTIA PRA MIM DESTRUIR,.DESCEU UM ALGO FORTE EM MIM E COMEÇEI A ENTRAR EM OUTRA DIMENÇÃO,.ESPIRITUAL,. E AGORA RECENTE FUI BATIZADA COM,COM UMA LINGUAS ESTRANHA,..FORAM COISAS INACREDITAVEIS QUE SE ALGUEM MIM CONTASSE EU NÃO ACREDITARIA,.MINHA VOZ MUDOU,.FIZ NA DIMENÇÃO DO ESPIRITO SANTO UNS 14 LOUVORES,.COISA QUE NÃO EU NÃO CONSEGUIA FAZER,. POIS EU ERA COMPOSITORA DO MUNDO,..TEM HORAS QUE UMA FORÇA MIM LEVA E MIM FAZ BAILAR NA IGREJA,.E EU TENHO MEDO,. E ALGO MUIITO FORTE,. MAIS SEI QUE É DE DEUS,.ALGO GRANDIOSO ELE ESTAR FAZENDO,. QUE EU SO VOU ENTENDER MAS TARDE..SE ALGUEM SOUBER DE ALGO OU JÁ PASOU POR ISSO MIM EXPLIQUE GOSTARIA DE ENTENDER MAIS SOBRE ESTAS COUSAS QUE ACORRE COMIGO,.

  29. Pura enrolação…groselha… não explicam nada!!! Servem-se de eufemismos semânticos, palavras e frases de efeito sem conteúdo Algum!!!

    EXPLIQUE COMO FALAR ALGO QUE NÃO SE SABE O QUE É, QUE NÃO SE SABE O SIGINIFICADO, QUE NÃO SE ENTENDE NÃOO HAVENDO QUALQUER TRADUÇÃO E QUE NÃO REPRESENTA NADA ALÉM DE SONS GUTURAIS SEM SENTIDO?

    COMO ESSA PRÁTICA PODE CONCEDER CRESCIMENTO ESPIRITUAL A ALGUÉM??

  30. meu nome e mathias, nao sou evangelico sempre gostei de ler a biblia, vou simplificar quando eu estava em casa deitado na cama, lendo eu comecei a falar em linguas diferentes varias linguas, chines, japones, alemao, hebraicos, e etc..e principalmente o hebraico, sinto que eu fui batizado com espirito santo de deus senti uma grande alegria inesplicavel no meu coraçao. e ja faz mais ou menos um ano que falo em linguas, e ao mesmo tempo deus fala com comigo atraves da minha mente E DA MINHA BOCA. e eu tive uma revelaçao do senhor meu DEUS. QUE NO DIA 23 ABRIL 2012 AS 00:47 O SEXTO SELO SERA ABERTO E HAVERA UM GRANDE TERREMOTO JAMAIS VISTO PELA CARNE DA TERRA E A DESTRUIÇAO DE UMA TERÇA PARTE DA CARNE ACONTECERA NESTE DIA PORQUE ASSIM ESTA ESCRITO E ASSIM EU CUMPRIREI. havera muito choro na terra e muitas lamentaçoes pois ja e chegada a hora dos fins dos tempos. ( vou finalizando aqui que deus abencoe todos vos e que deus tenha piedade de nos.

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 4,983 comentários no Estudos Bíblicos.