Onde está ó morte a tua vitória?

0
58

Poucas pessoas morreram e ressuscitaram. Porém isso já aconteceu algumas vezes.

Aquela viúva tinha pouquíssimos pertences e o único bem precioso que lhe restara era seu único filho. Ela hospedara um profeta de Deus em sua casa e lhe deu do pouco que tinha para comer. Porém algum tempo depois seu filhinho amado e sua única esperança de não mendigar morreu. O profeta ficou sabendo disso e clamou a Deus que o ressuscitasse e Deus o ressuscitou. Não sei quantos anos depois, o filho daquela viúva morreu denovo.

Existia outra viúva que moravam em Naim. Sua história era bem parecida com a da primeira viúva. Seu filho único morrera e ela estava a caminho do cemitério com o funeral. No meio do caminho Jesus cruzou com esse funeral e ressuscitou aquele filho único. Não sei quantos anos depois, o filho daquela viúva morreu denovo.

Jairo era um dos principais da sinagoga naquela região. Para ele se dobrar diante de alguém era inaceitável. Porém ele estava desesperado. Sua filha estava à porta da morte. Ele se dobra diante de Jesus e clama para que visite sua filha. Jesus vai até aquele lugar. Porém no meio do caminho chega a notícia: Jairo, não incomode mais o mestre, sua filha morreu! Jesus ouve isto e continua a jornada até aquela funeral. Ele a ressuscita! Não sei quanto tempo depois, aquela menina, talvez já mulher ou idosa, morreu denovo.

Êutico era um jovem que queria muito ouvir sobre o Deus de Paulo. Ouvira sobre as histórias de Paulo, que era um perseguidor de cristãos e agora era perseguido por causa do seu amor a Jesus. Naquele dia Paulo estaria ali compartilhando suas experiências e da palavra de Deus e Êutico queria muito ouvi-lo. Havia muita gente e Êutico ficou em um lugar alto para ouvir Paulo. Porém Paulo falou por várias horas entrando madrugada adentro. Êutico não aguentou e cochilou, caiu daquele lugar e morreu. Paulo foi até ele e clamou a Deus que o ressuscitasse. Aquele jovem voltou à vida. Porém alguns anos depois morreu denovo.

Talvez você conheça alguma história de alguém que chegou às portas da morte e voltou. Porém tal pessoa não poderá não passar pelos portões da morte. O aguilhão da morte o ferirá em algum momento.

Porém existe uma história diferente. Ele se entitulava o Filho de Deus. Curava a todos, e ressuscitou alguns. Era bondoso e misericordioso e seu final foi trágico. Mesmo que não fosse o filho de Deus, o que fizeram com ele foi desumano. Bateram nele, o açoitaram, o humilharam, o pregaram numa cruz. E entre dois ladrões, aquele homem bondoso e misericordioso que dizia ser o Filho de Deus foi morto.

A história não para por aí. Este homem morreu e voltou à vida ao terceiro dia!!! Ele passou pelos portões da morte e retornou. A morte não pôde detê-lo, ele venceu a morte.

“Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?” (I Co 15:55)

Ele ressuscitou e não está morto! Ele tornou à vida e não morreu denovo! Ninguém jamais passou com vida por aqueles portais. Quem pode cruzar estas portas celestiais desta maneira? Quem é tão poderoso para fazer isto?

“Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória. Quem é este Rei da Glória? O SENHOR forte e poderoso, o SENHOR poderoso na guerra. Levantai, ó portas, as vossas cabeças, levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória. Quem é este Rei da Glória? O SENHOR dos Exércitos, ele é o Rei da Glória.” (Salmos 24:7-10)

Jesus Cristo, o filho de Deus, o Rei da Glória foi aquele que venceu a morte. Ele ressuscitou ao terceiro dia e permanece vivo eternamente!

Por causa de Jesus não precisamos temer a morte. Ele a venceu no nosso lugar, para nos dar vida! Compartilhe essa mensagem com seus amigos!!!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA