O que significa I.N.R.I.?

9
73

A Bíblia nos mostra com riqueza de detalhes como foi a crucificação de Jesus Cristo. Vejamos um trecho: “Então, Pilatos o entregou para ser crucificado. Tomaram eles, pois, a Jesus; e ele próprio, carregando a sua cruz, saiu para o lugar chamado Calvário, Gólgota em hebraico, onde o crucificaram e com ele outros dois, um de cada lado, e Jesus no meio.” (Jo 19. 16-18)

Em meio à crucificação, foi colocada uma placa, (uma espécie de letreiro), bem em cima da cruz com alguns dizeres em três línguas [hebraico, latim e aramaico]: “Muitos judeus leram este título (…) e estava escrito em hebraico, latim e grego.” (Jo 19. 20)

Esse “título” escrito nessa placa continha em latim a expressão (Iesus Nazarenus Rex Iudaeorum), que significa: “JESUS NAZARENO, O REI DOS JUDEUS.” (Jo 19. 19). “I.N.R.I.” são as iniciais dessa expressão. Essa mesma expressão também estava escrita em hebraico e grego como vimos em (João 19. 20).

Os sacerdotes da época pressionaram Pilatos a mudar os dizeres da placa, porém sem sucesso. Observe: “Os principais sacerdotes diziam a Pilatos: Não escrevas: Rei dos judeus, e sim que ele disse: Sou o rei dos judeus. Respondeu Pilatos: O que escrevi escrevi.” (Jo 19. 21-22)

9 COMENTÁRIOS

    • na verdade o nome” jesus” tem origem do latim que é” IESUS ” pois nessa lingua não há a letra ” J ” .

      se vocês pesquisarem essa letra voces vão ver que só foi crida a aproximadamente 500 anos por PIERRE DE LA RAMÉÉ , ENTÃO COMO O NOME DO NOSSO SALVADOR É JESUS ??

      O VERDADEIRO NOME DO NOSSO SALVADOR É ” YAHUSHUA ” PENSEM E PESQUISEM !!

      YAHUSHUA : O CRIADOR SALVA .

  1. dúvida minha: é meio óbvio que se abreviasse toda aquela expressão, mas será que se pode afirmar com certeza que foi escrita exatamente dessa forma (I.N.R.I.)?

  2. gostaria de complementar o seu estudo da sigla em hebarico,
    No antigo testamento, Deus era chamado pelo povo de Israel, de Jeová. Este nome foi resultado de um esforço em traduzir as quatro consoantes YHWH dadas por Deus como seu nome, mas esta tradução não é satisfatória e nem segura, está apenas vagamente aproximado do sentido intencional de Deus.
    Originariamente, o aramaico e hebraico, era escrito e lido horizontalmente, da direita para esquerda, assim, por exemplo o tetragram como sendo o nome de Deus era escrito da seguinte forma: יהוה; transliterado da esquerda para direita temos: HVHY, ou da direita para esquerda: YHVH ou YHWH Como se percebe, é chamado tetragrama porque as iniciais são formadas por quatro consoantes hebraicas – Yud י Hêi ה Vav ו Hêi ה, e assim temos יהוה, que tem também sido latinizado para JHVH já por muitos séculos. As letras da direita para esquerda segundo o alfabeto hebraico são:
    Hebraico Pronúncia Letra
    י Yodh ou Yud “Y”
    ה He ou Hêi “H”
    ו Waw ou Vav “V” ou w
    ה He ou Hêi “H”
    dai como resultado da interpretação, os nomes YaHVeH (vertido em português para Javé), ou YeHoVaH (vertido em português para Jeová), são transliterações possíveis nas línguas portuguesas e espanholas , mas alguns eruditos preferem o uso mais primitivo do nome das quatro consoantes YHVH, já outros eruditos favorecem o nome Javé (Yahvéh ou JaHWeH). Ainda alguns destes estudiosos concordam que a pronúncia Jeová (YeHoVaH ou JeHoVáH), seja correta, sendo esta última, a pronúncia mais popular do Nome de Deus em vários idiomas.O tetragrama aparece 6.828 vezes – sozinho ou em conjunção com outro “nome” no texto hebraico do Antigo Testamento, a indicar, pois, tratar-se de nome muito conhecido e que dispensava a presença de sinais vocálicos auxiliares. O Tetragrama era um nome muito conhecido na época de Jesus Cristo, contudo com a passar do tempo o significado fonético se perdeu. Para alguns estudiosos da literatura judaica, esse que deveria ser o nome de Deus era impronunciável, e segundo a explicação cientifica dos judeus, passaram a não pronunciar o nome do Deus Todo Poderoso, porque sentiam-se temerosos em transgredir o terceiro mandamento de Deus no Decálogo.
    “Não tomarás o nome de YHWH, teu Deus, em vão [ou “dum modo fútil”, blasfêmia], pois YHWH não considerará impune aquele que tomar seu nome em vão.” (Êxodo 20:7)
    Assim, em determinado período, surgiu entre os judeus uma idéia supersticiosa, de que era errado até mesmo pronunciar o Tetragrama YHWH. Não se sabe exatamente em que se baseou a descontinuidade do uso deste nome. Alguns sustentam que o nome era considerado sagrado demais para ser proferido por lábios imperfeitos. Outros sustentam que se pretendia impedir que povos não-judaicos (gentios) conhecessem O Nome e possivelmente o usassem mal.
    Entretanto, não existem certezas dos motivos originalmente apresentados para se descontinuar a pronúncia correta do Tetragrama YHWH, assim como também há muita incerteza quanto à época em que tal conceito supersticioso se iniciou. Alguns afirmam que começou após o Exílio Babilónico, outros sugerem que o Nome deixou de ser usado por volta de 300 a.C.
    Alguns estudantes do hebraico dizem que a tradução mais precisa do Tetragrama é Yavé. Entretanto, os mais eruditos estudiosos estão convencidos de que não é possível afirmar seguramente porque as consoantes YHWH são impronunciáveis, uma vez que no hebraico antigo não existia vogais. Um fato bastante esclarecedor em relação ao Tetragrama foi publicado pela revista “Notícias de Israel”, edição de julho de 1997 onde afirma que a inscrição que Pilatos colocou sobre a cruz de Jesus, em três idiomas, hebraico latin e grego, o texto em hebraico correto é: Yeshua Hanozri Wumelech Hayehudin, que significa: “Jesus Nazareno e Rei dos Judeus”; sendo assim, podemos então verificar que as iniciais do texto resulta num acrônimo que são as quatro consoantes YHWH das quais se traduziu o nome Jeová.
    A matéria publicada por esta revista nos revela com clareza que Pilatos movido pela vontade de Deus escreveu declaradamente naquele momento o verdadeiro nome de Deus, o misterioso e tão polêmico tetragrama YHWH fora revelado, mas Israel não entendeu isso naquele tempo, nem os sacerdotes e doutores da lei, assim como muitos cristãos até hoje também não conseguem compreender este mistério já revelado. Portanto, podemos concluir que JESUS é o nome de Deus concernente ao processo de SALVAÇÃO (Atos 4: 12, Lc 2:11, Is 43:11). Creio que com a interpretação do misterioso Tetragrama não há necessidade de mais provas de que o nome do Pai, do Filho; e do Espírito Santo é JESUS. Aleluia! não dizer com isso que sou conhcedor da lingua hebraica, isso trechos extraidos do livro O GRAMDE MISTERIO se quiserem mais informação sobre este assunto pode me contatar pelo e-mail jlsilvestre86@gmail.com

  3. Boa tarde! não consigo entender por que uma pessoas tao sabia i igual a você consegui vê o nome jesus nessa placa, pelo meu pouco conhecimento nome próprio não se traduz, se translitera e se transliterar o nome Yehoshua como é conhecido nome de DEUS jamais dará jesus, até por que esse nome jesus pra chegar a ter essa forma teve muitas alterações, os gregos criaram, foi traduzido pro lantim e aí arrumaram um jeito de dizer que jesus e o nome do salvador. se esse tal nome nome for o que salva então toda bíblia esta errada, por que nela esta escrito (e pelo nome tu seras salvo), e que nome é esse se não o de DEUS. ora tá na hora de falar a verdade pra todos vamos deixar de só ganhar dinheiro e fala da origem do filho de DEUS e qual nome salva, pois maldito aquele que alterar uma virgula das escrituras sagrada.

  4. Cada um que,se apresente na internet,e tente mostra o verdadeiro nome de Iâhuh,em hebraico,grego,latim…Uns dizem que é pagã sua origem,outros por sua vez,o de Jesus,=deus cavalo,outros,de que do nome de Zeus,deu o adjetivo Deus-Théos,Teon,de Teofílo9amigo de DEUS,TEOLOGIA,TEOSOFIA,

DEIXE UMA RESPOSTA