Home » Estudos por VC, Teologia

O Primogenito Da Criação

Avatar de Abdias Barreto Por Abdias Barreto em 6 de junho de 2011
Tags: , , , , ,

Estudos Bíblicos em seu email

Receba Estudos Bíblicos em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

O Primogenito Da Criação

Introdução

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

“O qual é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação” Cl. 1,15.

Não é possível negar que texto refere-se a Jesus como o Primogênito. Isto está muito claro. A questão aqui é definir o conceito de primogênito usado pelo autor quando o mesmo o aplica a cristo esse termo, por ventura estaria ele afirmando que Cristo teria sido a primeira obra da criação de DEUS?
Com absoluta convicção afirmo-lhes que nunca passou em suas idéias fazer tais afirmações pois estaria ele contrariando a si próprio, já que o mesmo autor em Inúmeras outras referencias afirma categoricamente ser JESUS um ser divino portanto, tal afirmação deve ser totalmente descartada. Veja; Rm. 9,5. Tt.2,13. Diante dessas assertivas so podemos acreditar que Paulo estava falando algo a respeito de Jesus que não era ser ele um ser criado, e juntos vamos analisar com muito cuidado tal expresão.
Espero que após algumas consultas e analise da Bíblia e algo sobre a cultura dos judeus, e o direito de primogenitura, possamos concluir e nos convencermos de que Jesus Cristo é o Verdadeiro Deus e nosso eterno salvador, sendo assim digno de receber toda honrra gloria e nossa adoração.

O Texto

“O qual é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação”.

Como harmonizar: “… o primogênito de toda a criação” – com idéia da eterna preexistência de Cristo?
Os eternos negativistas da divindade de Cristo, afirmam que nesta passagem a palavra primogênito tem sentido temporal, “… de modo que ele está classificado entre as criaturas de Deus, sendo o primeiro entre elas”. (Portanto não pode ser Deus.TJ). Seja Deus Verdadeiro, página 35.

Que significa a palavra primogenito?

Quase sempre se pensa neste termo com sentido temporal, significando única e exclusivamente o primeiro criado ou nascido, mas este estudo visa provar que além desta aplicação a palavra é usada na Bíblia com o significado de posição, de preeminência.
Às vezes, primogênito significa um filho amado em grande maneira, o preferido entre os demais.
O termo chega a ser usado com o sentido de um qualificativo superlativo: Isaías 14.30 afirma: “Os primogênitos dos pobres serão apascentados”, isto quer dizer: Os mais pobres, os paupérrimos serão apascentados.
A palavra grega para primogênito é protótokos; Que com suas flexões pode ter o significado de: Primeiro, melhor, mais importante, preeminente, nascido, criança, nascer. Com o sentido de mais importante, mais preeminente. Todos conhecem o título de primeiro ministro, primeira ministra.
A palavra pode e é usada na Bíblia para a primeira criança que nasce: (Sentido Primario)
“Saiu o primeiro, ruivo, todo revestido de pêlo; por isso, lhe chamaram Esaú” (Gn 25.25);
“Todo o que abrir a madre, de todo ser vivente, que trouxerem ao SENHOR, tanto de homens como de animais, será teu; porém os primogênitos dos homens resgatarás; também os primogênitos dos animais imundos resgatarás” (Nm 18.15);
“… e ela deu à luz o seu filho primogênito, enfaixou-o e o deitou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria” (Lc 2.7);
“Pela fé, celebrou a Páscoa e o derramamento do sangue, para que o exterminador não tocasse nos primogênitos dos israelitas” (Hb 11.28).

Referindo-se a Jesus esta palavra é usada sete vezes no Novo Testamento.
Duas vezes, de seu nascimento através de Maria: (Sentido Primario)

“Contudo, não a conheceu, enquanto ela não deu à luz um filho, a quem pôs o nome de Jesus” (Mt 1.25);
“… e ela deu à luz o seu filho primogênito, enfaixou-o e o deitou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria” (Lc 2.7).

Cinco vezes, não do nascimento físico, mas em sentido figurado:

1.Primogênito entre muitos irmãos:
“Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos” (Rm 8.29);

2.Primogênito de toda a criação:
“Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação” (Cl 1.15);

3.Primogênito dentre os mortos:
“Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia” (Cl 1.18);

4.Deus introduz o primogênito no mundo:
“E, novamente, ao introduzir o Primogênito no mundo, diz: E todos os anjos de Deus o adorem” (Hb 1.6);

5.Primogênito dos mortos:
“… e da parte de Jesus Cristo, a Fiel Testemunha, o Primogênito dos mortos e o Soberano dos reis da terra” (Ap 1.5).

Destas sete referências a Cristo, a que merece especial atenção é a de Cl 1.15.

“Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação”.

Notem bem que Paulo não diz que o Filho de Deus foi a primeira criação, mas o primeiro de toda a criação. Na sua relação com Deus, Cristo jamais é chamado primogênito, mas sim unigênito, ou ainda preeminente, único. Será que com a frase “primogênito de toda a criação”, Paulo almejava mostrar que Jesus foi o primeiro ser criado, ou que ele é o primeiro em posição?

O contexto e a Analogia da Fé, nos provam que não há aqui a idéia de mostrar cristo como o primeiro criado, mas o que tem a primazia sobre tudo: “Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia” (Cl 1.18).

Veja outras afirmações do apostolo com relação a Cristo.

“… aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus” (Tt 2.13).
“… deles são os patriarcas, e também deles descende o Cristo, segundo a carne, o qual é sobre todos, Deus bendito para todo o sempre. Amém!” (Rm 9.5).
“E, novamente, ao introduzir o Primogênito no mundo, diz: E todos os anjos de Deus o adorem” (Hb 1.6), nos indica de modo bem claro que a palavra primogênito indica a preeminência de Cristo e o seu domínio sobre todas as coisas.

O eminente prof essor de grego nas Universidades de Tennessee e Yale, Isbon T. Beckwith, em seu livro Apocalypse of John, comentando a passagem “… e da parte de Jesus Cristo, a Fiel Testemunha, o Primogênito dos mortos e o Soberano
dos reis da terra” (Ap 1.5), ele afirma que a palavra “protótokos” em primogênito, tem o sentido hebraico de o mais notável em categoria principesca.

F. C. Bruce em seu Commentary on The Epistle to The Hebrews, página 15 nos diz: “Cristo é chamado o primogênito de toda a criação, porque Ele existe antes de toda a criação e porque toda a criação é herança dele”.

Entre os judeus todo primogênito tinha o direito de reclamar quatro privilégios.

O primeiro, a de consagração a Deus (Êx 13,2; 13,15; 22,29).
O segundo, o direito de sucessão nos poderes paternos (Dt 21.17).
O terceiro, a bênção especial do pai (Nm 3.13).
O quarto, porção dobrada porção da herança material paterna (Dt 21.17).
(Ver: “Primogenitura”, Dicionário Bíblico Nova Vida.).

Se os judeus tivessem sido leais a Deus haveriam participado dos poderes da primogenitura em sua forma mais ampla: “Dirás a Faraó: Assim diz o Senhor: Israel é meu filho, meu primogênito” (Êx 4.22).

Em primeiro lugar, Israel foi o único povo da terra consagrado a Deus;

Em segundo lugar, Israel recebeu uma bênção especial quando saiu do Egito;

Em terceiro lugar, Israel tinha o direito de chegar a ser “a cabeça” das nações, como império mundial (Dn 2.44) e ser reais sumo sacerdotes;

Em quarto lugar, Israel receber a herança da Canaã Celestial.

Todos estes privilégios fizeram com que a palavra fosse empregada figuradamente com o significado de preeminência, respeitabilidade, pessoa digna de toda a atenção.
Temos muitas referências bíblicas que provam esta preeminência, tais como:

Em Gn 41.50-52, mostra que José tinha dois filhos, sendo Manasses o primogênito, mas Jr 31.9, afirma: “Efraim é o meu primogênito”.

Davi sendo o mais jovem entre oito irmãos (1ºSm 17.12), foi ungido rei (1ºSm 16.10-12). Sem preeminência cronológica recebeu as prerrogativas do primogênito (Sl 89; 20.27).
Sinri, não era o primogênito, apesar disso foi eleito o principal: “De Hosa, dos filhos de Merari, foram filhos: Sinri, a quem o pai constituiu chefe, ainda que não era o primogênito” (1ºCr 26.10).

Em Êxodo 4.22, Moisés devia dizer a Faraó: “Israel é meu filho, meu primogênito”. Esta afirmação indica os privilégios deste povo, que é chamado na Bíblia de escolhido, santo, especial e de muitos outros títulos elogiosos (Dt 7.6-7).

Estes privilégios não permaneceram para sempre com Israel, como a História Bíblica nos confirma, mas se reuniram na pessoa de Cristo, como se conclui pela analise de várias passagens como:

“Ruína! Ruína! A ruínas a reduzirei, e ela já não será, até que venha aquele a quem ela pertence de direito; a ele a darei” (Ez 21.27).

“O SENHOR jurou e não se arrependerá: Tu és sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque” (Sl 110,4).

“Ele mesmo edificará o templo do Senhor, e será revestido de glória; assentar-se-á no seu trono e dominará, e será sacerdote no seu trono e reinará perfeita união entre ambos os ofícios” (Zc 6.13).

“O cetro não se arredará de Judá, nem o bastão de entre os seus pés, até que venha Siló; e a ele obedecerão os povos” (Gn 49.10).

“A ti, ó torre do rebanho, monte da filha de Sião, a ti virá, sim, virá o primeiro domínio, o reino da filha de Jerusalém” (Mq 4.8).

“Tendo, pois a Jesus, o Filho de Deus, como grande sumo sacerdote que penetrou os céus, conservemos firme a nossa confissão”.

Dentre os personagens do Antigo Testamento, José e Davi estão entre aqueles que mais se destacaram e não sendo primogênitos pelo nascimento receberam este título em virtude do destacado papel que desempenharam na história do antigo Israel.

Ao pensarmos no título de excelência que receberam – primogênito – e sendo eles um símbolo de Cristo, entenderemos melhor porque nosso Salvador, cinco vezes, recebeu dos escritores bíblicos esta nobilíssima menção.

W. E. Read, Escreveu: “Isto é algo do que Deus queria indicar ao falar de seu ‘Primogênito’. O que se aplica a Israel como povo, aplica-se num sentido muito mais amplo ao Messias – a Cristo Nosso Senhor.

Na palavra primogênito portanto, a ênfase não está necessariamente na descendência física, mas na posição de dignidade, honra e preeminência. Todas as prerrogativas da primogenitura foram atribuídas a Jesus, mas num sentido muito mais amplo e completo.
Cita ainda o mesmo autor de Adão Clarke: “Eu o farei Meu Primogênito. Lidarei com ele como um pai o faz com seu filho primogênito, a quem pertence uma porção dobrada das posses e das honras. A palavra primogênito nem sempre tem um significado literal nas Escrituras. Ela muitas vezes significa simplesmente filho benquisto ou mais amado; alguém que se estima acima de todos os outros, e se distingue por alguma prerrogativa elevada. Assim Deus chama Israel Seu Filho, Seu primogênito. Êx 4.22. No mesmo sentido ela é, às vezes, aplicada ao próprio Jesus Cristo, para indicar Sua supereminente dignidade”.
Adão Clarke, Commentary on the Bible, sobre o Salmo 89.27.

Cristo, o Primogênito

João nos diz que Cristo ê o “primogênito dos mortos” (Ap 1.5). No sentido Restrito de primeiro, o primogênito dos mortos foi Abel, porém Cristo é o principal de todos os que têm morrido, o mais amado de Deus entre os mortos ressuscitados.

Assim é o “primogênito” de toda a criação (Cl 1.15), não por ser o primeiro ser criado (Ele é Pai Eterno: Is 9.6) senão “… para que em tudo tenha a preeminência” (Cl 1.18).

Cristo é o principal de toda a criatura porque é “… o Primogênito do Céu” (Sl 24.7-9); é o Primogênito da Terra: “… ao introduzir o Primogênito no mundo, diz: E todos os anjos de Deus o adorem” (Hb 1.6).

O Filho de Deus é o primogênito, porque é “… sobre todo principado e autoridade, e poder, e dominação e sobre todo o nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouro” (Ef 1.21).

Cristo é o primogênito de Deus Por tem sido eleito:

“E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo” (Mt 3.17);
“Chegando-vos para ele, a pedra que vive, rejeitada, sim, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa” (1ªPe 2.4).

Por tem recebido a bênção do Pai.

“Bendito o que vem em nome do SENHOR. A vós outros da Casa do SENHOR, nós vos abençoamos” (Sl 118.26);
“E exclamou em alta voz: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre!” (Lc 1.42).

Por ser sucessor do Pai como juiz.

“… e nos mandou pregar ao povo e testificar que ele é quem foi constituído por Deus Juiz de vivos e de mortos” (At 10.42).
Por ser o Rei e Senhor do Universo:
“Este será grande e será chamado Filho do Altíssimo; Deus, o Senhor, lhe dará o trono de Davi, seu pai” (Lc 1.32);
“… a qual, em suas épocas determinadas, há de ser revelada pelo bendito e único Soberano, o Rei dos reis e Senhor dos senhores” (1ªTm 6.15).
Por ser chamado o mais amado do Pai:
“E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo” (Mt 3.17).
“E saiu da nuvem uma voz que dizia: Este é o meu amado Filho; a ele ouvi” (Lc 9.35 – ARC).

Por ter sido exaltado por Deus:

“Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai” (Fp 2.9).

Conclusão

Um dos principais problemas envolvidos com este tema ê que a linguagem humana ê inadequada, por suas limitações, para expressar conceitos envolvidos com as coisas divinas.
Todos os comentaristas têm chegado à conclusão unânime de que a palavra protótokos aplicada a Cristo não significa o primeiro a ser criado. Se Paulo visasse afirmar isto de Cristo ele teria usado o vocábulo protoktistos.
E Por outro lado precisariamos afirmar que Paulo seria um louco, pois como poderia ele afirmar que Jesus seria um ser criado em um local e loga apos em outros locais afirmar que é DEUS, como constatamos, entao Amigos so nos resta dizer A ELE seja a honrra, a Gloria e o Louvor pelos Seculos dos seculos.

Abdias Barreto

"As opiniões ditas pelos colunistas são de inteira e única responsabilidade dos mesmos, as mesmas não representam a opinião do Gospel+ e demais colaboradores."


PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

5 comentaram, comente você também!

  1. Ola a todos,sou filho de evangelico e neto de evangelico,meu avo a muito tempo ja esta na gloria,Ele era analfabeto e pregador do evangelho e muito sabio,a explicacao Dele e bem mais simples e convicente ele me ensinou assim que JESUS se fez homem e nao era filho de adao. Ele e o primeiro a ser criado como homem da raca messianica q vai viver eternamente.ELE se fez homem esta asentado no trono como homem Rei homem q vai reinar e ja esta reinando.se fez criatura SENDO DEUS a primeira criatura de todos homens q vao viver eternamente,um abraco a todos

  2. Gostaria de pedir o seu e-mail para contato,pois eu gostaria de tirar muitas duvidas principalmente sobre a arqueologia biblica.

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 5,000 comentários no Estudos Bíblicos.