Home » Capa, Estudos por VC, Vida Cristã

O coração Paterno de Deus

Estudos Bíblicos em seu email

Receba Estudos Bíblicos em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

O coração Paterno de Deus

TEXTO: (NTLH) Mas o povo de Sião diz: “O SENHOR nos abandonou; Deus nos esqueceu.” O SENHOR responde: “Será que uma mãe pode esquecer o seu bebê? Será que pode deixar de amar o seu próprio filho? Mesmo que isso acontecesse, eu nunca esqueceria vocês. Jerusalém, o seu nome está escrito em minhas mãos; eu nunca esqueço as suas muralhas. Os que vão reconstruí-la estão chegando depressa, enquanto estão fugindo aqueles que a destruíram e arrasaram. (Is 49. 13-17).

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Strong
Esquecer:
שָׁכֵחַ shakéakj; raíz prim.; Extraviar,= desgarrar, estar ausente, falta de memoria ou falta atenção.

INTRODUÇÃO
1. Atitudes de amor são expressos tanto com palavras quando com atos, quando não experimentamos tais afetos, duvidamos se somos genuinamente amados.
2. De forma completa e inexplicável Deus nos ama e quer que entendamos este amor sacrifical e eterno!

“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (Jo 3:16)

Assim como um pai, terreno, cuida, alimenta e prepara para a vida os filhos desta criança, para chegarem à fase adulta com maturidade, tanto natural como espiritual, se importando com o nosso sucesso, nosso bem, se preocupa se já: comemos se estamos bem agasalhados, se estamos precisando de alguma coisa. Alguns chegam até serem exagerados, preocupados de mais, até mesmo quando já estão casados constituíram famílias o, pais ainda se importam, oram, aconselham seus filhos! De forma ainda mais intensa o nosso Pai celeste se importa e cuida de nós até nos mínimos detalhes das nossas vidas.

“Qual de vocês, se seu filho pedir pão, lhe dará uma pedra”?
Ou se pedir peixe, lhe dará uma cobra?
Se vocês, apesar de serem maus, sabem dar boas coisas aos seus filhos, quanto mais o Pai de vocês, que está nos céus, dará coisas boas aos que lhe pedirem! (Mt 7: 9-11).

Nós temos notado o amor, cuidados e proteção de Deus em nossas vidas?

A compreensão dos cuidados de Deus aumentar nossa confiança, fé no amor paterno de Deus!

I. COMPREENDENDO ESTE CUIDADO PATERNO
1. TER A FIRME CONVICÇÃO
Precisamos ter esta certeza, que nosso Pai eterno cuida de nós o tempo todo 24 horas por dia, Ele está preocupado com nossas dificuldades, nossos problemas Ele quer ajudar-nos a resolver.
“Entreguem todas as suas preocupações a Deus, pois Ele cuida de vocês”. (Ipe 5:7).

“Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam e orem sempre com o coração agradecido”.
“E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus”. (Flp 4. 6-7).

2. DEIXAR A PREOCUPAÇÃO E EXERCITAR A FÉ
—Por isso eu digo a vocês: não se preocupem com a comida e com a bebida que precisam para viver nem com a roupa que precisam para se vestir. Afinal, será que a vida não é mais importante do que a comida? E será que o corpo não é mais importante do que as roupas?
Vejam os passarinhos que voam pelo céu: eles não semeiam, não colhem, nem guardam comida em depósitos. No entanto, o Pai de vocês, que está no céu, dá de comer a eles. Será que vocês não valem muito mais do que os passarinhos?
E nenhum de vocês pode encompridar a sua vida, por mais que se preocupe com isso.
—E por que vocês se preocupam com roupas? Vejam como crescem as flores do campo: elas não trabalham, nem fazem roupas para si mesmas.
Mas eu afirmo a vocês que nem mesmo Salomão, sendo tão rico, usava roupas tão bonitas como essas flores.
É Deus quem veste a erva do campo, que hoje dá flor e amanhã desaparece queimada no forno. Então é claro que ele vestirá também vocês, que têm uma fé tão pequena!
Portanto, não fiquem preocupados, perguntando: “Onde é que vamos arranjar comida?” ou “Onde é que vamos arranjar bebida?” ou “Onde é que vamos arranjar roupas?”.
Pois os pagãos é que estão sempre procurando essas coisas. O Pai de vocês, que está no céu, sabe que vocês precisam de tudo isso.
Portanto, ponham em primeiro lugar na sua vida o Reino de Deus e aquilo que Deus quer, e ele lhes dará todas essas coisas.
Por isso, não fiquem preocupados com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã trará as suas próprias preocupações. Para cada dia bastam as suas próprias dificuldades. ( Mt 6:25-34).

A preocupação excessiva ofusca nossa fé e percepção dos cuidados paternos de Deus!

II. CAUSAS DA FALTA DESTA COMPREENÇÃO
1. PERCA DE COMUNHÃO
Quando não temos uma intimidade com o Pai, em: Oração, leitura da palavra, exercício da fé, perdemos esta ótica da presença paterna e cuidados de Deus sobre nossas vidas.
DISTANCIAMENTO DE DEUS-(vemos isto na parábola do filho prodigo), (Lc 15.21-24).
2. REFLEXO FAMILIAR
A ideia de pai, nosso super- herói, protetor, vem desde a infância, crescemos tendo uma imagem de pai que se preocupa, cuida, compra brinquedos, brinca conosco.
Quando temos esse referencial, fica mais fácil a compreensão do coração amorosa de Deus. (Existem filhos que nunca receberam um abraço um mimo, um sorriso, um elogio de seus pais!). (na parábola do filho pródigo, o Pai abraça o filho provavelmente era um pai amoroso,), (Lc 15.21-24).

Se Deus me ama porque acontecem certas coisas na minha vida?.

III. DEUS QUER QUE EU SOFRA? Algumas causas.
1. Rebeldia
Assim como um pai cria o filho, lhe ensina. Mas quando ele cresce entra na maioridade ele tem o livre- árbitro podendo fazer suas próprias escolhas. Da mesma forma é Deus, o Senhor espera que façamos a escolha certa obedecendo sua palavra. Daí a falta de obediência se torna rebeldia, ou seja, aquilo que colhemos é fruto das nossas escolhas.
Alguns foram insensatos e sofreram por causa dos seus pecados, por causa da sua vida de rebeldia; (Slm 107:17).
Mas, a respeito de Israel, Deus disse: “O dia inteiro eu abri os braços, pronto para receber um povo desobediente e rebelde.” (Rm 10: 21).

2. Quem ama ensina:
O verdadeiro pai não é aquele que faz sempre a vontade do filho, e sim aquele que reprende e ensina quando é preciso, muitas vezes precisa até dar uma palmadinha, privar de algumas coisas, visando um amadurecimento e um melhor caráter futuro do filho, Deus que é onisciente ver nosso futuro e nos prepara para a vida.
Às vezes estamos como crianças, pedindo algo sem saber adimininstar se aquilo vai fazer bem ou não só sabemos dizer eu quero, eu quero. Mas O Pai celeste quando ver que não é a hora certa diz: “espere” daí não entendemos e murmuramos, precisamos confiar nos cuidados do Pai.
III. DEUS ESPERA UM AMOR RECÍPROCO
1. Amar de Todo coração.
O Maior mandamento é amar a Deus de Todo o coração de toda a alma e de todas as nossas forças, Quando amamos a Deus também amamos nosso próximo, esposas, filhos.
O coração de Deus muitas vezes se entristece por que muitos de seus filhos não demostram esse amor, ou deixam esfriar.
Ame o Senhor, seu Deus, com todo o coração, com toda a alma, com toda a mente e com todas as forças. “(Mc 12:30)
2. Agradando o coração de Deus.
Precisamos sentir prazer alegria no Senhor.
Deleitar-se no Senhor é desejar e fluir a intimidade da sua presença e a veracidade e justiça da sua palavra (Jó 22.26;27.10; Is 58.14). Aqueles que se deleitam no senhor, Deus atende o desejo de seus corações. (1) Deus atenderá o anseio do coração do crente, se tal desejo estiver de conformidade com a sua vontade ( jo 15.7). (2) Quando nos comprazemos em Deus e na sua vontade, o próprio Deus pôe em nosso coração desejos que Ele propõem a cumprir (Fl 2.13).

Agrada-te do SENHOR, e ele satisfará os desejos do teu coração. (Sl 37:4)

Quando entendemos este processo de amor paterno de Deus, passamos confiar mais no Senhor.

CONCLUSÃO
1. Precisamos compreender os cuidados de Deus, tendo uma firme convicção e não deixando as preocupações nos roubar esta visão.
2. Há perca da comunhão e o reflexo familiar leva a não compreensão do amor Paterno do Criador
3. Precisamos amar a Deus de todo o coração, agradando seu coração.

Cmascarenhas

"As opiniões ditas pelos colunistas são de inteira e única responsabilidade dos mesmos, as mesmas não representam a opinião do Gospel+ e demais colaboradores."


PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 5,000 comentários no Estudos Bíblicos.