Home » Capa, Estudos por VC, Teologia

A Graça de Deus e a Conduta Cristã

Estudos Bíblicos em seu email

Receba Estudos Bíblicos em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

A Graça de Deus e a Conduta Cristã

“Por isso o reino dos céus pode ser comparado a certo rei que quis ajustar contas com os seus servos. E começando a fazê-lo, trouxeram-lhe um que lhe devia dez mil talentos. Não tendo ele com que pagar, o seu senhor mandou que ele, sua mulher e seus filhos fossem vendidos, com tudo o que tinha, para que a dívida fosse paga. Então aquele servo, prostrando-se, o reverenciava, dizendo: Senhor, sê generoso para comigo e tudo te pagarei. Então o senhor daquele servo, movido de íntima compaixão, mandou-o embora e perdoou-lhe a dívida. Saindo, porém, aquele servo, encontrou um dos seus conservos que lhe devia cem denários. Lançando mão dele sufocava-o, dizendo: Paga-me o que me deves. Então o seu companheiro, prostrando-se a seus pés, rogava-lhe: Sê generoso para comigo e tudo te pagarei. Ele, porém, não quis. Antes, foi encerrá-lo na prisão, até que saldasse a dívida.” – Mateus 18: 23-30.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Na Bíblia encontramos por diversas vezes a ocorrência da palavra Graça. Em termos gerais, a palavra Graça significa: O amor e o favor imerecido de Deus para com os homens, e está relacionado com o perdão e a salvação que os cristãos recebem ao aceitarem Jesus como Senhor e Salvador. Nenhuma pessoa é digna de salvação e de perdão, muito menos do favor de Deus, pois nascemos no pecado e nossos erros eram inúmeros. Contudo, pela Graça, alcançamos em Cristo a redenção e a vida eterna.

Infelizmente, muitos esquecem continuamente dessa misericórdia concedida sobre as suas vidas e, mesmo sendo perdoados e consolados pelo Senhor, não são gratos a Ele. Jesus, quando enviou seus discípulos a pregar pelas aldeias e cidades, disse: “De graça recebestes, de graça dai” Mateus 10:8. Quando Jesus disse isto, Ele não se referia somente à cura e ao poder de expulsar demônios, mas a tudo quanto eles tinham recebido, inclusive a Graça.

A Graça não se refere a algo que a pessoa mereça receber, caso contrário deixaria de ser Graça. Está relacionado com algo que, mesmo sem merecer, alguém recebe de outrem. Segundo o dicionário Web (http://www.dicionarioweb.com.br/gra%C3%A7a.html), Graça está relacionado com “Benevolência, favor, mercê e perdão”.

Todos recebem em Cristo, de graça, da Graça de Deus, mas, em contrapartida, muitos não agem com gratidão. E como ser grato? O servo da passagem bíblica citada no início dessa mensagem também recebeu da Graça de seu senhor, tendo sido perdoado da dívida que tinha. Ele devia dez mil talentos ao seu senhor que, traduzido para uma linguagem de hoje seria equivalente ao seguinte:

1 talento equivale a 6000 denários – 1 denário é igual ao salário de 1 dia de trabalho de um trabalhador. Imaginemos que um homem receba 1200 reais de salário por mês. Dividindo-se 1200 por 30 dias (igual a 1 mês), temos que esse funcionário ganha 40 reais por dia (denário). 10000 talentos são exatamente 60 milhões de denários ou 2 bilhões e 400 milhões de reais para um funcionário com salário diário de 40 reais. Uma enorme dívida com certeza!

O senhor daquele servo lhe perdoou a dívida, mesmo sendo uma conta exorbitante. Contudo, esse mesmo servo não perdoou um companheiro que lhe devia apenas 4000 reais (100 denários) e mandou que ele fosse preso. Recebeu da Graça, mas não deu Graça. Foi consolado, mas não consolou. Foi perdoado, mas recusou-se a perdoar….

E o que temos visto hoje é tão diferente assim? Quantas pessoas você odeia, quanta mágoa guarda no coração? Quanto rancor tem preenchido o seu interior por causa de uma pequena ofensa, de uma discussão ou uma briga e você se recusa a perdoar essa dívida, lançando essa pessoa na prisão dos seus sentimentos, esperando que a dívida seja paga… O interessante é que, se alguém prende uma pessoa que lhe deve algo, aí sim é que a dívida não poderá ser paga, pois estando preso, não há renda a gerar!

Ninguém pode pagar a Deus pela Graça recebida Dele, nem recompensá-lo na mesma medida. Apenas 4000 reais não podem compensar o perdão de 2 bilhões e 400 milhões de reais, mas o que agrada o Senhor é ver que, independente do tamanho da ofensa ou dívida, aprendemos com Seu exemplo superior de Amor e perdoamos mesmo que a pessoa não mereça, porque tivemos uma aula de Sua Graça.

Pois a Deus agradou perdoar e salvar o homem, pela Graça, para que vivamos em Graça e cresçamos até a perfeição de Sua Imagem e Semelhança.

Que Deus os abençoe em Nome de Jesus Cristo!

"As opiniões ditas pelos colunistas são de inteira e única responsabilidade dos mesmos, as mesmas não representam a opinião do Gospel+ e demais colaboradores."


PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 5,000 comentários no Estudos Bíblicos.