Home » Destaque, , Louvor & Adoração

Fofoca – Jesus e o Murmurador

Profile photo of Everson Barbosa Publicado por Everson Barbosa em 8 de julho de 2011
Tags: , , , , , , ,

Estudos Bíblicos em seu email

Receba Estudos Bíblicos em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Fofoca – Jesus e o Murmurador

Imagine uma torre de blocos, eventualmente na forma de pirâmide. Você remove um bloco e a torre se torna instável, e uma parte pode até cair. Se você remover vários blocos, toda a torre desmorona. A fofoca tem esse mesmo efeito na igreja.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Fofoca por toda a parte

omo saber se você está fofocando? O Apóstolo Paulo alertou o jovem Timóteo, um líder da igreja, para controlar a fofoca que estava acontecendo de “casa em casa”. Infelizmente, nós não gastamos o mesmo tempo nas casas uns dos outros como a igreja primitiva fazia, mas isso não significa que não dispomos de meios para a fofoca. Hoje, a fofoca espreita no Facebook, em e-mails, em telefonemas, nas mensagens e na boa e velha forma cara-a-cara.

Como a fofoca se manifesta? Ao longo dessa série, veremos as três faces da fofoca: o murmurador, o disperso e o intrometido – e o que Jesus fala sobre cada um.

Queixar-se de uns para outros

O Murmurador: A fofoca que reclama de uns para os outros.

O murmurador reclama dos outros. Essa pessoa é rápida em encontrar defeitos nos outros e lenta a encontrar falhas nela mesma. Sempre tem alguém “dando nos nervos” dela, machucando os sentimentos dela, desapontando as expectativas dela. Como sabemos? O murmúrio é a fofoca que se queixa e lamenta de uns com os outros.

Escolhendo a fofoca ao invés da graça

Porque escolhemos fofocar por meio da reclamação? Esse tipo de fofoca existe porque nos vemos como pobres vítimas. Nós acreditamos na mentira de que precisamos ser tratados de certa forma. Nós distorcemos a nossa identidade em Cristo substituindo-a por uma identidade de vítima. Nós nos vemos como o alvo do pecado dos outros, não como pecadores que devem suportar a ira de Deus. Nos distanciando de Cristo, nós escolhemos a fofoca ao invés da graça, reclamação ao invés de tolerância.

Os murmuradores são hábeis em apontar o problema do pecado, mas raramente oferecem soluções na graça, especialmente se, para isso, precisar admitir que ele ou ela está errado. O murmurador acredita na mentira de que merece algo que ainda não conseguiu. Eles acreditam ser mais importantes do que os outros. Se tivéssemos o que merecemos, isso seria o julgamento, mas Jesus nos deu o que não merecemos – Graça.

Quem é Jesus para o murmurador?

Jesus é a única pessoa em toda historia que viveu uma vida perfeita e é a única pessoa que teria o direito de reclamar. Ele é o único verdadeiramente inocente e, no entanto, foi desprezado, ridicularizado e frequentemente vítima de fofocas.

Jesus nem sequer reclamou com as outras pessoas sobre quem o traiu: “você acredita que Pedro iria me trair, João, mesmo depois de tudo que fiz por ele?”. A disposição de Jesus de morrer por murmuradores nos mostra como responder com graça.

Uma única vítima inocente

Murmuradores precisam entender que apenas Jesus é a vítima inocente. Ele morreu para que os murmuradores fossem libertos do que merecem para dar a eles o que não merecem. Ele levou a nossa condenação para pleitear a nossa inocência perante o Deus santo.

Você pode precisar de alguns minutos para se arrepender de sua identidade “auto-merecedora” de vítima e se voltar para receber e estender a graça para os outros por conta da sua identidade de graça imerecida. Nós não somos nem vítima nem heróis, mas Jesus é os dois para o murmurador. Ele é a vítima condescendente de nossa fofoca pecaminosa e o herói que nos resgata daquilo que merecemos. Ele leva a nossa causa e pleiteia pela nossa inocência. Ele nos oferece a graça.

Dê e receba graça, não reclamação

Iremos oferecer a graça aos outros ou vamos reclamar uns com os outros? Em vez de dar e receber reclamações, você poderia dar e receber graça? Jesus conquistou a graça para nós e para os outros. Transforme essa condição de vítima em uma atitude de graça para com os outros.

Fonte: iPródigo.com | Original aqui.

"As opiniões ditas pelos colunistas são de inteira e única responsabilidade dos mesmos, as mesmas não representam a opinião do Gospel+ e demais colaboradores."

PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

4 comentaram, comente você também!

  1. Em “igrejas evangelicas” ha muita fofoca, pq? 90% sao pessaos infelizes vivem em adulterio com os “primos da igreja.Sao mal amados nao gostam de trabalhar mais pedem demais. Sao invejosas ao extremo.

  2. Nilton Villela disse:

    Inspirada, com certeza eu precisava ler esta mensagem, vou encaminha-la,Paz!

  3. Este assunto me faz lembrar um episódio em minha igreja. Recebemos uma visitante que teve a oportunidade de dar a palavra, e ela nos contou como Deus havia falado com ela neste sentido.Segundo esta irmã, ela falava mal de todos. Do pastor, dos obreiros, dos jovens, dos visitantes e até das crianças. Deus então lhe deu um sonho, em que ela se via na porta de entrada da igreja e de lá ela olhava o altar. Desde a porta até o altar ela via alguma coisa como um tapete estendido na igreja e quando ela observou bem, era sua língua que ela então logo começou a enrolar tentando colocar dentro de sua boca, e segundo ela, Deus havia mandado que ela contasse isso em todo congregação que fosse, o que foi difícil obedecer, devido a vergonha que sentia, mas depois entendeu que com esta correção,Deus queria disciplinar outras pessoas, e hoje ela é a primeira a orientar aqueles que falam demais. Gloria e honra sejam dadas ao nome do senhor, mas nada teria sido resolvido, se esta querida irmã não tivesse dado ouvidos ao que Deus dizia a ela, confiando e crendo no seu amor e disciplina de pai.Que isto possa também servir de advertência para nós. Que Deus abençoe a todos.

    d

  4. muito forte, tenho muitos problemas onde congrego devido a “lingua do povo”
    um dia estaremos em um lugar onde o povo ñ tera doque fofocar

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 5,002 comentários no Estudos Bíblicos.

Da Internet e em Inglês para Praticar