Home » Capa, Destaque, Liderança

“Cultinhos” – Uma Bênção Para Crianças e Juniores?

Estudos Bíblicos em seu email

Receba Estudos Bíblicos em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

“Cultinhos” – Uma Bênção Para Crianças e Juniores?

Certamente, as crianças devem ter seu momento e seu espaço na adoração e no louvor nas igrejas cristãs. Também precisam de professores criativos, preparados para ensinar a elas as maravilhas da Palavra de Deus. Encaro esses “jovenzinhos” como “Timóteos” – o presente e o futuro de nossas igrejas. E sobre Timéteo, Paulo disse:

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

“E que, desde a infância, sabes as sagradas letras, que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus.” (2 Tmóteo 3:15)

Interessante que a palavra grega usada para “infância”, dirigida a Timéteo, é “bre. fos”, e significa uma criança recém-nascida. Os nossos “Timotinhos” precisam de instrução no lar (Deuteronômio 6:6, 7) e no templo. Todavia, andei passeando pelos sites e blogs, em inglês e português, vendo fotos dos “cultinhos” realizados em várias de nossas igrejas. Boa parte desses pequeninos não aparece nas fotos com a Bíblia, sendo que parecem já possuir mais de sete anos. Posso pensar? Se esses cultinhos forem ocasiões para apenas retirar os filhos irriquietos da igreja, para deixar os pais mais sossegados e servirem ainda para isentar os pais de falarem de Bíblia com seus filhos, estes crescerão em estatura, mas não em sabedoria e em graça. (Veja Lucas 2:52) Não se firmarão na Palavra. Se esses cultinhos apenas ensinarem desenhos bíblicos, brincadeiras, e não houver professores capacitados para ensinar Bíblia às crianças como se deve, pobre dessa criançada. Agora, observe que criancice de certos professores nossos, durante os cultos bíblicos: Enquanto ele repousa confortávelmente e até dorme, as crianças, ao som de Aline Barros (nada contra ela), por exemplo, se divertem com seus louvorezinhos para elas. Por isso há crianças que já pedem assim: “Pai, Mãe, posso assistir ao cultão?” Protesto! As crianças das seitas TJ, Mormonismo e Espiritismo sabem muito mais a Bíblia do que nossos filhos. Uma professora responsável pelo cultinho confessou:

“A nossa igreja nos dá material muito fraco. E as crianças precisam aprender sobre Jesus, bem cedinho.”

Quando fui pregar numa igreja, observei uma professora conquistar a atenção de 200 criancinhas. Sua voz, seus gestos, sua atenção – tudo indicava o preparo dela. Não resisti e pedi para ficar no local deles, momento da EBD que antecedia a mensagem do preletor. A professora fazia a diferença. Mas explicou:

“A igreja investiu em meu treinamento, por isso, senti-me mais capacitada para motivar os jovenzinhos.”

Mas em muitos cultinhos, uma lástima! Como visito muitas igrejas, sem querer querendo já percebi crianças, nesses momentos com Deus, disputando figurinhas do Pokemon, pintando um pica-pau crente, outra com um fone num dos ouvidos escutando o jogo. Sei que era jogo, porque gritou: gooool do Coríntians! E nenhuma dessas crianças portava uma Bíblia. Que contraste com crianças adeptas de seitas, no que se refere a’ participar de suas reuniões e ter conhecimento do que aprendem! Pais, pastores, professores e lideranças: Os pequeninos, – crianças e juniores – todos precisam aprender a gostar mais da Bíblia para que se observe neles a influência do Deus triúno em suas vidas. (Salmo 119:97) Criança que não cresce na fé, que nem leva a Bíblia para o culto, devido a um ensino deficiente nas igrejas e a cultinhos ocultinhos, provavelmente será problema para os pais. Crescerá só no tamanho físico. Vergonha para nossas igrejas. Não é à toa que quando fui professor do ensino médio (antigas 5a. a 8a. séries), os alunos mais levados e irriquietos eram os filhos de evangélicos. Tudo isso refletia a qualidade do ensino cristão dado a elas pelos pais e nos chamados cultinhos. Crianças cristãs precisam deixar brilhar suas luzezinhas. A do seu filho brilha? Pense nisso.

Autor: Fernando Galli

Fonte:Estudos Gospel

"As opiniões ditas pelos colunistas são de inteira e única responsabilidade dos mesmos, as mesmas não representam a opinião do Gospel+ e demais colaboradores."


PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

2 comentaram, comente você também!

  1. Realmente,tenho observado que nós lideres eclesiasticos temos muito pouco para investir em nossas crianças,principalmente lideres igrejas pqnas tal como a minha .E faço um protesto aqui pois o mercado evangelico não tem contribuido para que nossas igrejas possam adquirir os materias que alem de serem poucos e muitas vezes sen um bom conteudo,..são tambem de preços elevados.por isso solicito que os lideres que tiverem ideias para tarbalhar com crianças postem suas ideias via internet.tenho certeza muitos lideres irão agradecer,e eu sou um destes.

  2. Trabalhar especificamente com crianças é algo muito positivo, porém nada substitui o ensino dos pais. Os filhos devem ser evangelizados pelos seus pais. Não existe conversão automática, genética. Deve haver arrependimento no coração dos Adãozinhos e Evinhas – as crianças precisam do caráter de Cristo. Isso é responsabilidade dos pais, e a igreja, é claro, deve dar todo o suporte possível.

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 5,000 comentários no Estudos Bíblicos.