Home » Destaque, Estudos por VC, Louvor & Adoração

A verdadeira essência da adoração

Estudos Bíblicos em seu email

Receba Estudos Bíblicos em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

A verdadeira essência da adoração

A verdadeira essência da adoração

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

“Não me ungiste a cabeça com óleo, mas esta com bálsamo, ungiu meus pés” (Lc 7:46)

Outro dia recebi na loja que trabalho uma vendedora de perfumes. Com uma caixa de amostra grátis ela mostrou várias fragrâncias que dizia ser da mesma ESSÊNCIA da ORIGINAL, que era importado. Essa moça também dizia que aquilo que CUSTAVA CARÍSSIMO, poderia sair “mais em conta”, algo que não me custaria muito. Porém, relatei que já havia comprado um desses similaresantes , só que a fragrância não havia fixado, ficando na verdade por pouco tempo. Mesmo assim, ela insistiu e colocou no meu pulso. Porém, este perfume, não durou muito tempo para mim e bom cheiro logo se foi.
Sabe queridos, muitas vezes nós como cristãos não conseguimos exalar aos outros o bom perfume de Cristo.(2 Cor 2:15). Muitas vezes a fragrância de nossa adoração a Deus acaba não sendo muito original. Somos autênticos na igreja, mas fora dela, não conseguimos exalar do nosso ser o cheiro agradável a Deus, numa adoração genuína.

E isso porquenossa vida de adoração diária acaba não sendo proveniente de uma relação pessoal, íntima, direta e voluntária com Deus. Na realidade nossos sacrifícios espirituais, ou seja,nossa adoração tem sido expressada de uma forma que mais agrade a nós mesmos, do que ao Senhor.
A Bíblia Sagradarelata porém a história de uma mulher que soube agradar a Deus e que mesmo sendo uma excluída da sociedade, soube adorar ao Senhor com todo seu ser. E pela sua atitude de adoração teve um memorial diante de Deus.

Conta o relato bíblico que sendo convidado por um fariseu a jantar em sua casa e tomando lugar a mesa, Jesus logo é recepcionado por uma mulher de uma forma inusitada. Conta as Escrituras que sabendo que Jesus estava na mesa,essa mulher se pôe por detrás de Jesusportandoum vaso de alabastro com unguento na mão.(Lc 7:37).

Através da história dessa mulher podemos tirar muitas lições sobre o que é a Essência da verdadeira adoração.

A 1ª. Lição que tiramos doencontro de Jesus com mulher pecadora é que Jesus quer ter comunhão conosco. Jesus poderia ter negado pedido do fariseu e desprezado a atitude da mulher, mas o Senhor deseja ter comunhão com todos aqueles que o chamam.

A 2ª. liçãodemonstra que não basta convidar Jesus para sua casa ou mesmo para sua vida se não dermos a glória devida ao seu nome.Aquela mulher deu ao Senhor a glória devida.
Os fariseus até que honravam o Senhor, mas era apenas com seus lábios, pois seu coração estava longe (Mt 15:8). Vemos isso nessa história da mulher pecadora, que não basta ser um “religioso” se não damos a Deus a adoração necessária;

A palavra de Deus diz que o devemos tributar ao Senhor a glória devida ao Seu nome (Sl 29:2). O livro de Apocalipse diz que digno é o Cordeiro de receber a honra, a glória e o louvor (Ap 5:12). O Senhor honra os que o honram, como diz os salmos: “… aquele que cuida do Seu Senhor será honrado ( Sl 15:4,Pv 27:18b).

O vaso quebrado

A questão do quebrantamento

“..E revesti-vos de toda humildade, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes. Humilhai-vos , pois debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte(1 Pe 5:5-6)

A 3ª. lição que tiramos da história da mulher pecadora foi seu ato de humildade.Aquela mulher foi humilde. Diz a palavra de Deus que aquela mulher se ajoelhou e beijou os pés de Cristo como sinal humildade e submissão. Ela teve reverência ao Senhor.
Devemos sempre entrar diante da sua presença em submissão ,humildade e reverência como verdadeiros servos.
Como diz o salmista:
Servi ao Senhor com temor e alegrai-vos Nele com tremor. “Beijai oFilho” para que não se irrite e não pereçais no caminho (Sl 2:11-12).

O 4ª. lição é que aquela mulher se quebrantou e chorou diante de Deus. Através de sua contrição e quebrantamento ela trouxe a Deuso verdadeiro sacrifício espiritual.
A palavra de Deus diz:

Os sacrifícios agradáveis para Deus são o espírito quebrantado; e contrito pelo qual o Senhor não desprezarás (Sl 51:17).

Diz também a palavra de Deus que PERTO está o Senhor dos que tem o coração quebrantado e que ele salva os que são contritos de espírito (Sl 34:18).

O livro de Isaías complementa tudo isso quando diz:

Porque assim diz o Alto e o Sublime, que habita na eternidade, e cujo nome é Santo: Num alto e santo lugar habito; como também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos, e para vivificar o coração dos contritos. Isaías 57:15
Aquele que me oferece sacríficos de ações de graças, esse me glorificará e ao que prepara o seu aminho dar-lhe-ei que veja a salvação de Deus (Sl50:13-14)

Chorar é um sinal de tristeza, mas também de alegria. Segundo entendemos na história bíblica aquela mulher precisava de perdão de Deus. (Lc7:41-43;47-50). Muitos dizem que ela já havia sito perdoada e era uma nova convertida. Não importa saber se ela havia pecado, se era pecadora nata ou nova convertida. Aquela mulher entendia que necessitava do perdão de Deus. E isso independe se pecamos ou não contra Deus . Devemos ter consciência de que pedir perdão a Deus independente do nosso pecado. Diz a palavra de Deus que aquele que sai “andando e chorando” enquanto semeia voltará com júbilo (louvor) trazendo seus molhos (Sl126:5-6). Aquela mulher semeou a fé e colheu perdão. Semeou a humildade e colhe honra a Deus. Semeou lágrimas de arrependimento e colheu salvação.

A 5ª. lição é que ela enxugou com seus cabelos sua lágrimas. O cabelo era a glória da mulher(1 Cor 11:15). Aquela mulher se derramou na presença de Deus. Ela se desfez da sua honra e do que para muitas mulheresseria motivo de vaidade para agradar ao Senhor. Ela entregou a Deus uma adoração espontânea e devotada .Ela aproveitou o momento com Deus para servi-lo de todo seu coração.

A 6ª. lição é que ela derramou sobre Ele o que tinha de mais precioso que era um unguento caríssimo. Sua oferta foi preciosa para Deus e agradável a Ele. Ela não se atentou quanto valeria aquela nardo, mas ofereceu a Deus o que tinha de melhor.
Através da vida dessa mulher podemos concluir que nossa adoração deve ser genuína, ou seja, original. Devemos dar a Ele a melhor fragrância, o melhor perfume, não o que nos resta.
De nada adianta oferecer algo que não nos custe nada. Davi entendia isso (2Sm 24:24).
Ela derramar a Ele a fragrância do louvor a Deus num verdadeiro sacrifício de adoração.

A 7ª lição é que quando adoramos verdadeiramente fazemos aquilo pela qual fomos criados. Todo ser que respira deve louvar e adorar ao Senhor (Sl 150:6). Adorar a Deus não é apenas cantar ou fazer meros sacrifícios, mas agir em obediência e submissão.

O Senhor não se agrada de meros sacríficios, mas que façamos justiça que se obedeça a sua palavra. (Isaías 1:11-17;1 Sm 15:22).

Diz a palavra de Deus:
“ Fazer justiça e julgar com retidão é mais aceitável ao Senhor do que oferecer sacrifício” (Pv 21:3)

É a palavra que diz que devemos amar o Senhor de toda teu coração, de toda sua alma e de toda sua força (Dt 6:4).

O Senhor conhece nosso coração e sabe se nossa adoração é sincera ou não.
Ele sabe nossas motivações de como fazemos e porque fazemos para Ele. Ele conhece aqueles que o honram com seus lábios e não com sua vida. A verdadeira adoração custa caro, muitas vezes o preço da abnegação e da cruz. O preço do compromisso de agradar a Deus. A verdadeira adoração não está sujeita ao que gostamos, mas ao agrade ao Senhor.

São esses que Deus procura, os verdadeiros adoradores.Eisso significa é adorar em Espírito e em verdade. (Jo 4:24) Devemos entender como aquela mulher que devemos como cristãos adorar a Deus com todo nosso ser, sabendo que a fragrância é nossa adoração, mas que Jesus é a verdadeira essência. Que possamos exalar aos outros o bom perfume de Cristo e encher as casas com o nardo precioso cuja a essência é JESUS.

E seguir o exemplo daquela pecadora e poder dizer como a esposa da cantares.

“Enquanto o rei está assentado à sua mesa, o meu nardo exala o meu perfume” (Ct1:12).

"As opiniões ditas pelos colunistas são de inteira e única responsabilidade dos mesmos, as mesmas não representam a opinião do Gospel+ e demais colaboradores."


PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

1 já comentou, comente você também

  1. Olá,mas que coisa linda essas palavras saíram do coração de DEUS hein. Que a cada dia possamos adorar a DEUS como deve ser adorado. É e a história da pecadora vc explicou detalhadamente que DEUS te abençôe e te guarde e continui te usando pra falar do seu amor.obrigado

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 5,000 comentários no Estudos Bíblicos.