A importância do Espírito Santo

0
193

Olá meus amigos…
Que a Paz do Senhor Jesus envolva sua vida neste momento…

O Espírito Santo é muito importante na vida do cristão, pois Ele é o único que pode nos ensinar como deve ser nosso proceder diante do Senhor. Em Lc. 12:12 está escrito “Porque o Espírito Santo vos ensinará, naquela mesma hora, as coisas que deveis dizer.”. O Espírito Santo está disposto a nos ensinar, se estivermos dispostos a aprender! Para isso, precisamos estudar a Palavra de Deus, onde, a partir de então, o Espírito Santo trará as verdades de Deus às nossas mentes, ajudando-nos a apresentá-las aos outros de maneira eficaz. O Espírito Santo é um grande ajudador na hora da evangelização, pois somente Ele pode convencer o pecador do pecado, da justiça e do juízo (Jo. 16:8).

Deus é único. No entanto, Ele se manifesta de várias formas. Como Deus Pai, Ele manisfesta seu poder e glória, do qual torna-se digno de ser adorado, glorificado, magnificado e exaltado. Como Deus Filho, manifesta sua majestade, o Senhor da glória, a quem até os anjos devem considerar. E como Deus Espírito Santo, manifesta seu íntimo, tornando-nos conhecedores da intimidade de Deus, onde descobrimos que o Espírito Santo tem capacidade de sentir emoções humanas – dor, tristeza e angústia, com uma intensidade que Ele só conhece.

Se você imagina o Espírito Santo como uma força ativa ou impessoal, você está bastante enganado! Não sou defensor de nenhuma instituição religiosa, mas se a sua prega que o Espírito Santo é apenas uma força espiritual ou só poder de Deus, lhe aconselho a afastar-se dela e procurar uma que lhe apresente o Espírito Santo de verdade. O Espírito Santo é a Terceira Pessoa da Trindade, e é detentor de vontades, inteligência, afeto; sendo capaz de ensinar. Também é responsável em transmitir o poder do Pai sobre nossas vidas.

Por o Espírito Santo possuir vontade, Ele pode, se O permitirmos, interferir em nossas decisões, tornando-nos conhecedores da Soberana vontade do Senhor sobre nós. Como sei que existem pessoas que não acreditam na vontade própria do Espírito Santo, a prova está em At. 16:6-7, onde a Bíblia relata que o Espírito Santo não permitiu que o apóstolo Paulo pregasse na Ásia e nem prosseguisse a sua viagem à Bitínia. O Espírito Santo nos dirige aos lugares corretos, mas também nos desvia dos errados. E não se esqueça que os dons quem dá é o Espírito Santo conforme a vontade dEle, como está escrito em 1Co. 12:11. Nós somos responsáveis por usar e aprimorar nossos dons, mas não podemos receber nenhum mérito por aquilo que o Espírito Santo nos deu gratuitamente.

A Bíblia relata em Jz. 3:10, que o Espírito do Senhor veio sobre os juízes que julgavam Israel naquele momento. Isto demonstrava um temporário e espontâneo aumento de força física, espiritual ou mental. Era um fato extraordinário e sobrenatural com a finalidade de preparar alguém para uma tarefa especial. O Espírito Santo está disponível para todos os cristãos hoje. Ele está disposto a nos ajudar a enfrentar nossos problemas diários, bem como os grandes desafios da vida.

Sei que você já meditou no que está escrito em Lc. 11: 24-26. Nessa passagem, Jesus ilustrou uma infeliz tendência humana, que é o desejo que temos em corrigir nossa vida com base no nosso próprio entendimento, fazendo com que a nossa transformação seja passageira. Não é o bastante estarmos “vazios” em relação ao mal, devemos estar cheios do poder do Espírito Santo, para que Ele realize o propósito de Deus em nossa vida. Devemos preencher nossa vida com a Palavra de Deus e com o Espírito Santo! O resultado final da obra do Espírito Santo em nossa vida é a profunda e duradoura paz.

Você sabia que o Espírito Santo nos ajuda a adorar o Pai de forma verdadeira? Primeiro, Ele ora por nós, conforme está escrito em Rm. 8:26. Como cristão, você não depende de seus recursos para lidar com os problemas. Mesmo quando não souber as palavras certas, o Espírito Santo ora com e por você, e Deus responde. Com o Espírito Santo o ajudando a orar, você não precisa ter receio de aproximar-se de Deus. Peça ao Espírito Santo para interceder por você segundo a vontade de Deus. Confie nEle, pois Ele sempre faz o melhor! Segundo, Ele nos ensina as palavras de Cristo, conforme está escrito em Jo. 14:26. À medida que estudamos a Bíblia, podemos confiar que o Espírito Santo plantará a verdade em nossa mente, convencer-nos-á da vontade de Deus e nos alertará nas ocasiões em que nos desviarmos do caminho correto. E por último, Ele nos garante que somos amados, derramando o amor de Deus em nossos corações (Rm. 5:5).

Você já parou para pensar no poder do Espírito Santo? Ou no porquê de tal poder não fazer parte da sua vida? O poder do Espírito Santo não é limitado a uma força superior ao que é considerado comum. Tal poder envolve coragem, ousadia, confiança, perspicácia, habilidade e autoridade. Deus tem um trabalho importante para que cada um de nós realizemos para Ele, mas devemos fazê-lo pelo poder do Espírito.

O Espírito Santo marca o início da experiência cristã. Não podemos ser cristãos sem o Espírito de Deus, nem é possível nos unir a Cristo sem o seu Espírito, tampouco podemos ser adotados como filhos de Deus e fazer parte do corpo de Cristo sem ter o Espírito Santo. Através do seu poder, o Espírito Santo inicia um processo vitalício de mudança em nossa vida, fazendo com que nos tornemos mais parecidos com Cristo. E, quando recebemos a Cristo pela fé, começamos a ter imediatamente um relacionamento pessoal com Deus. O Espírito Santo também une o corpo de Cristo, a sua Igreja, quebrando toda diferença ideológica existente. A comunhão com o Amigo Espírito Santo pode ser vivenciada por todos, pois Ele trabalha por intermédio de todos.

A partir do momento em que o Espírito Santo age em nossa vida, produzimos o seu fruto. O fruto do Espírito é a obra espontânea do Espírito Santo dentro de nós. Ele é dividido em nove fatias, que são: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão e domínio próprio. O Espírito Santo produz certos traços de caráter que são encontrados na natureza de Cristo. São os subprodutos de seu controle sobre a nossa vida. Lembre-se: não conseguiremos obtê-los se tentarmos alcançá-los sem Sua ajuda. Se quisermos que o fruto do Espírito cresça em nós, devemos unir nossa vida à dEle. Devemos conhecê-lo, amá-lo, lembrá-lo e imitá-lo. Como resultado, cumpriremos os mandamentos de Jesus: amar a Deus e ao nossos semelhantes. Agora PARE, PENSE E REFLITA: Quais dessas qualidades encontradas nas nove fatias do fruto do Espírito, você gostaria que o Espírito Santo produzisse em você?

Fiquem na Paz do Senhor…

Por Irmão Charles, do Blog Congregação Macedônia
http://www.congregacaomacedonia.tk

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA