Home » Destaque, Estudos por VC

A final, qual é a verdadeira religião?

Estudos Bíblicos em seu email

Receba Estudos Bíblicos em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

A final, qual é a verdadeira religião?

A Bíblia poucas vezes utiliza o termo religião, porém em uma das passagens onde é citada, a mesma é descrita com total profundidade no Evangelho:

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

“A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo”. Tiago 1:27.

Mas quando ouvimos esta palavra (religião) hoje em dia, logo pensamos em doutrinas, templos, sacerdotes, ofertas e etc. Mas a final é essa a religião que a Palavra nos ordena? Obviamente que a Bíblia nos orienta a congregar, vivendo em união com os irmãos:

“Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união”. Salmos 133:1.

Acontece que este ajuntamento de gente que forma a Igreja, ou então, uma determinada religião, só possuí efeito verdadeiro se vir de encontro ao que o Evangelho nos ordena. Em Tiago 1:27 nós vimos os efeitos da verdadeira religião. O que temos visto por ai são pessoas sendo alimentadas com hipocrisia da pior espécie. Vejo gente que foi ensinada a buscar primeiro as coisas deste mundo, e depois as de Deus. Mas nós bem sabemos o que a Palavra orienta:

“Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”. Mateus 6:33.

Até aqui já tivemos de certa forma uma noção do que realmente significa religião: Pessoas que se unem, sendo que estas objetivam buscar antes de tudo o Reino de Deus, e como efeito ou resultado disso, vemos a fé e as obras de amor ao seu próximo. A verdadeira religião é corpo, e Cristo o cabeça:

“Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também”. 1 Coríntios 12:12.

Também podemos dizer que a verdadeira religião, a que vem do Reino de Deus e vai para o Reino de Deus, não é ligada ás coisas deste mundo. Não se prende ao materialismo e aos estereótipos buscados por tantos. Para os seguidores desta verdadeira religião, proclamadores do Reino de Deus, se pode dizer que a vida é muito mais do que conquistas financeiras, profissionais e pessoais.

As conquistas para os que vivem as ordenaças de Cristo são bem diferentes das que vemos sendo decretadas pelas religiões pagãs de hoje. Hoje o que se vê sendo ensinado por aí, é que quanto mais você adquirir material e financeiramente, e exteriorizar este fato, ai sim está proclamando o reino. Porém Cristo diz o seguinte sobre a vinda do Reino de Deus:

“E, interrogado pelos fariseus sobre quando havia de vir o reino de Deus, respondeu-lhes, e disse: O reino de Deus não vem com aparência exterior”. Lucas 17:20.

Em Filipenses 3:8, vemos de uma forma bem clara como devemos agir e viver para sermos proclamadores da Religião que Deus quer, a que vem de encontro ao seu Reino:

“E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo”. Filipenses 3:8.

Para realmente sermos proclamadores do Reino de Deus, como Paulo foi, não é buscando todo luxo e riqueza que o seremos, e sim tendo todas estas coisas como perda. Para nós o único tesouro é Cristo, e nada mais.

A verdadeira religião não é placa de Igreja quem constrói nem Pastor ou Padre. A religião que Deus espera de nós é esta:

E dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho. Marcos 1:15.

Crendo no Evangelho, somente assim podemos dizer que somos a verdadeira religião, a que Deus espera de nós. Tudo que foge ao Evangelho é engano, e portanto é nossa obrigação estarmos firmes em Cristo, tendo coração de um menino, e sempre com os ouvidos atentos a suas verdades.

“Em verdade vos digo que qualquer que não receber o reino de Deus como menino, de maneira nenhuma entrará nele”. Marcos 10:15

Fiquemos firmes em Cristo, amando a cada dia mais o nosso Deus, e o nosso próximo como a nós mesmos.

[email protected]

http://viverdagraca.blogspot.com

"As opiniões ditas pelos colunistas são de inteira e única responsabilidade dos mesmos, as mesmas não representam a opinião do Gospel+ e demais colaboradores."


PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

7 comentaram, comente você também!

  1. Verdadeira Religião em Minha Opinião é: Servi a Deus Segundo a Bíblia Sagrada que é a palavra de Deus, que nos mostra o caminho a seguir.

  2. pra mim a verdadeira religião é: servir e adorar o unico Deus Jesus!!!!!!!

  3. o conceito que eu tenho de que vem a ser,uma verdadeira religião,é aquela que está fundamentada exclusivamente na pessoa de jesus cristo e na proclamação do evangelho do reino de Deus.Portanto,a verdadeira religião liberta e salva os seres humanos,mostrando-lhes o caminho, a verdade e a vida,dando-lhes também a certeza e a esperança de vida eterna com Deus na eternidade.

  4. perca de tempo ficar querendo saber qual é a verdadeira religiao, ocupemos esse tempo para pregar a palavra de Deus, e seus mandamentos, seguindo todos os seus preceitos, sendo fiel em tudo quando Jesus ordenou, esse sim será participante de uma verdadeira religiao , mas nao é a tal que levara ao Céu, mas sim o própio senhor e salvador Jesus cristo hj se debatem muito sobre religiao deixando de lado o principal objetivo que é pregar a palavra de Deus ja está definido a verdadeira religiao, os mandamentos de Deus, o Demais é hipocresia e especulaçoes de homens cada qual quer procurar qual e quem é o melhor descobridor de religiao, nao nao!! ja ta revelado o própio jesus mostrou e mostra na palavra,leia 1 aos corintios cap 3 vs 13 ao 14 tudo sobre quem é verdadeiro, quem ta em Deus esse é verdadeiro, essa é a verdadeira religiao, ja ta provado amem.

  5. A minha dúvida não é se a bíblia é a palavra do Criador ou não, é a quem adoramos de facto, parece-me que adoramos é a miragens ou sombras, visto o conteúdo bíblico ap longo dos séculos ter sido todo deturpado, certas palavras no hebraico, simplesmente foi alterado o seu sentido, á partes no antigo testamento que devia dizer satanás, puseram o anjo, entre outros factores importantes, afinal deus, não é nome, mas está em toda a parte a substituir o nome do divino, mas o diabo também é um deus, jesus é outro, enfim, ninguém sabe mais quem é quem, descobertas recentes têm demonstrado as aldrabices feitas nas escrituras sagradas, afinal o Jesus que todos esperam a salvação só tem 500 anos de existência, visto este alfabeto com que ele está escrito ter sido escrito ou inventado foi pelos romanos, porque no original, certas letras do alfabeto como o J, ainda não existia, nem no alfabeto hebraico, aramaico , grego e latim, enetão isto passou a ser um jogo de morte, visto milhões de vidas humanas estarem a adorar as moscas, o real nome do criador é YAHU, E NO ENTANTOS INVENTARAM UM NOME MODERNO PARA ELE o Jeová, mesmo que fosse assim Iavé, mas ao invés dos originais troceram tudo, nomes própriios nunca podem ser traduzidos, nem deveriam ser transliterados, porque são Sagrados, mas o inimigo não dorme, se o Criador são tem aquele nome específico, e estamos a invocar outros espi´ritos para nos salvar, o que esperamos ? YAHU É ESTE O NOME MAIS SAGRADO DO PLANETA, E NÃO ESTÁ EM NEHUMA BÍBLIA POR AÍ, E O JESUS ESTÁ EM TODO O LADO, MAS NO NOME DO YAHU, SE ACRESCENTAR ESTA PALAVRA -SHUA- DÁ O SALVADOR , YAHU-SHUA. QUER DIZER YAHU SALVA, A QUEM INTITULAM HOJE POR JESUS, E ESTÁ PRESTES A MANIFESTAÇÃO DO IMPOSTOR A PASSAR POR JESUS, E TODO O MUNDO VAI SER ENGANADO, PORQUE SE AS ORIGENS FORAM CORROMPIDAS, ESTÁ TODO O MUNDO PERDIDO.

  6. DEZ RAZÕES BÍBLICAS PARA CONHECER A VERDADEIRA RELIGIÃO

    A verdade é como o Sol irradiante de luz, vida, amor e beneficia a todos, e continua cada vez mais atualizado… O que é humano com o passar das eras vira PRECONCEITOS e, no tempo torna-se INTOLERANCIA RELIGIOSA.

    CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ (João 8. 32)

    Onde está a VERDADE?

    - No Antigo Testamento que temia tremendo a JEOVÁ; OU, no Novo Testamento – a Boa Nova do Cristo de Deus?

    - Com a religiosidade fértil de PRECONCEITOS arcaicos e intolerantes do Antigo Testamento; OU, na moral saudável da doutrina de Jesus? – A Luz da verdade e da Vida eterna.

    DEUS JAMAIS FOI VISTO POR ALGUÉM. O Filho unigênito, que está no seio do Pai – Nosso Senhor JESUS CRISTO esse sim, o fez conhecer verdadeiramente – (João 1. 18).

    Examinemos o conteúdo dessas ESCRITURAS para discernir com a lucidez apostólica: “Não acrediteis em todo espírito, MAS PROVAI SE OS ESPÍRITOS SÃO DE DEUS (I João 4. 1)”, porque muitos FALSOS PROFETAS e FALSOS LÍDERES RELIGIOSOS que se proclamam submissos a Deus se têm levantado no mundo.

    1) – Recomenda a lei bárbara do Antigo Testamento: Os filhos viciosos e desobedientes aos seus pais devem ser apedrejados até a morte (Deuteronômio 21. 18 a 21)

    1. a) Norteia Jesus – o príncipe da paz: O filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido (Lucas 19. 10)

    2) – Ameaça a lei discriminatória do Antigo Testamento: pessoas com deficiência física e mental estão proibidas de se aproximar do Altar do culto religioso no Templo, para não o profanar com o seu defeito (Levítico 21. 17 a 23)

    2. a) Orienta Jesus – o divino Médico de nossas almas e corpos: vinde a mim todos que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei (Mateus 11. 28). Os sãos não necessitam de médicos; e sim OS QUE ESTÃO ENFERMOS (Marcos 2. 17)

    3) – Adverte a lei austera do Antigo Testamento: É proibido comer carne de porco (Levítico 11. 2 a 7)

    3. a) Elucida Jesus, o Divino Mestre, aos religiosos hipócritas nos templos da fé cega e irracional: não é o que entra pela boca que contamina o homem, MAS AQUILO QUE SAI DA SUA BOCA (porque o que sai da boca procede do coração: os maus pensamentos, instintos inferiores, sentimentos nocivos: adultérios, prostituição, corrupção, assassinatos – Mateus 15. 11 a 20 e Marcos 7. 17 a 23)

    4) – Ensina a lei imperiosa do Antigo Testamento: Quem trabalhar no sábado será morto (Êxodo 35. 2)

    4. a) Orienta Jesus – o Verbo de Deus: O homem não foi feito por causa do sábado (Marcos 2. 27), ou seja, guardar o dia de sábado é simples formalidade religiosa. Pois Deus, o Criador, trabalha até AGORA (João 5. 16 a 17); E esse AGORA significa ininterruptamente sem descansos sabáticos.

    5) – Sentencia a lei severa do Antigo Testamento: Quem cometer adultério…, ambos serão punidos com a pena de morte (Levítico 20. 10)

    5. a) Conscientiza Jesus – o salvador: Aquele que estiver sem pecados seja o primeiro a atirar a pedra (João 8. 2 a 11). Porque misericórdia quero, E NÃO SACRIFÍCIOS! (Mateus 9. 11 a 13)

    6) – Autoriza a lei inflexível do Antigo Testamento: Descontente com a esposa o homem pode dispensá-la sem nenhuma compensação, dando-lhe carta de divórcio (Deuteronômio 24. 01)

    6. a) Esclarece Jesus – o Mestre Celestial: não faças a teu próximo aquilo que não queres para ti (Mateus 7. 12). Sêde perfeitos como perfeito é vosso Pai celestial (Mateus 5. 48). E ao que quiser pleitear contigo e tirar-te o vestido, larga-lhe também a capa (Mateus 5. 40)

    7) – Penaliza a lei primitiva do Antigo Testamento: Se um animal habituar-se a atacar alguém o ferindo de morte, e seu dono é conhecedor deste fato e não o guardou, o animal será morto juntamente com o seu dono (Êxodo 21. 28 a 29).

    7. a ) Recomenda Jesus – a luz do mundo: Perdoai não somente 7 vezes, mas 70 vezes 7, ou seja, indefinidamente (Mateus 18. 21 a 22). E SÓ O AMOR COBRE A MULTIDÃO DE PECADOS (I Pedro 4. 8)

    8) – Aconselha os seguidores fieis a Jeová baseados em Eclesiastes 9. 5 – livro do Antigo Testamento: Os mortos não terão recompensa… Porque a sua memória jaz no esquecimento.

    8. a) Adverte Jesus, à luz da vida eterna, a todos aqueles que professam o nada pós-túmulo: Saduceus fanáticos, Sentinelas do caos, Pregadores da intolerância, Adventos cultores do materialismo pleno… Materialistas do pensamento e da alma: DEUS NÃO É DEUS DE MORTOS (Lucas 20. 38); Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma (Mateus 10. 28);

    E, aconteceu que o mendigo morreu e após sua morte corporal, a sua alma é conduzida pelos anjos (espíritos do bem), ao além, para o seio de Abraão a fim de aliviar-se da luta terrena (Lucas 16. 19 a 31). E morreu também o rico e no abismo do além, levantando os olhos viu ao longe Lázaro juntamente com Abraão. E Lázaro, morto no além-túmulo lembrou-se dos seus familiares na vida humana… JESUS NESTES ENSINAMENTOS CONTESTA O ENGANO DO ECLESIASTES cap 9. Vers 5, conscientizando: a existência da alma pós-túmulo, e que os mortos têm lembrança da vida corporal extinta, têm sentimentos de causa, e noções de tempo e espaço.

    9) – Adverte a lei incapaz no Antigo Testamento: É proibido consultar os mortos… (Deuteronômio 18. 11)

    9. a) Exemplifica Jesus – o Divino Mestre: Todas as coisas são possíveis àquele que tem fé (Marcos 9. 23); E tudo o que eu fiz vóis podereis fazê-lo e em condições maiores (João 14. 12), porque vou para o Pai, e não vos deixareis órfãos (João 14. 18). E MEU PAI É VOSSO PAI, MEU DEUS É O VOSSO DEUS (João 20. 17) E assim como o Pai ressuscita os mortos, e os vivifica, assim também o Filho vivifica aqueles que quer (João 5. 21)

    Na verdade, COM JESUS, CHEGOU A HORA em que OS MORTOS ouvirão a voz do filho de Deus e os que a ouvirem viverão (João 5. 25).

    E Jesus exemplificando esta verdade: Pregou o Evangelho TAMBÉM AOS MORTOS, para que fossem julgados segundo os homens na carne, mas vivessem segundo Deus em Espírito (I Pedro 4. 6).

    E também pregou a boa nova aos ESPÍRITOS EM PRISÃO, OS QUAIS NOUTROS TEMPOS foram desobedientes a Deus, a saber: as almas das pessoas que viveram em tempos anteriores à época do cristianismo (I Pedro 3. 18 a 20). Compreenda-se que são vários séculos transcorridos de Noé ao tempo do nascimento de Jesus.

    Trans-comunicou-se no monte Tabor, na presença dos apóstolos Pedro, João e Tiago com os espíritos de Moisés e Elias (ambos já MORTOS para a humanidade; porém para DEUS bem vivos, isto porque não existe a morte nos planos de Deus – Mateus 17. 1 a 13) (Lucas 20. 38).

    OS QUE FIZEREM O BEM PARA A RESSURREIÇÃO DA VIDA, e os que fizerem o mal para a ressurreição da condenação – João 5. 29.

    E dá exemplos da imortalidade da alma aos que seguem os seus ensinamentos, vide Mateus 16: 28 “Alguns há, dos que aqui estão presente, que não provarão a morte até que vejam o Filho do homem no reino de seu Pai”.

    Rompem-se o véu do templo e várias ALMAS em seus corpos benditos retornam do além-túmulo, e se manifestam publicamente para vários contemporâneos em Jerusalém, após domingo de páscoa, comprovando assim a vida pós-morte (Mateus 27. 51 a 53)

    - Por acaso estão alicerçadas no Evangelho essas seitas fanáticas que se auto-afirmam verdadeiras, e que NEGAM a existência da alma no ser humano? Como se o homem fosse simplesmente uma massa molecular… sem alma pensante e imortal!

    SE ESPERAMOS EM CRISTO SÓ NESTA VIDA, somos os mais miseráveis de todos os homens ( I Coríntios 15. 19)

    Porque, se OS MORTOS NÃO RESSUCITAM, OU RESSURJAM após a morte física, TAMBÉM CRISTO NÃO RESSUCITOU (I Coríntios 15. 16)

    Se fôssemos duvidar da morte, como cessação de vida contínua, estaríamos duvidando do próprio Jesus que voltou do plano da morte e se comunicou com várias pessoas por longos dias; e, onde reteve as chaves da morte e do inferno (Apocalipse 1. 18). E DEUS NÃO É DEUS DE MORTOS… (Mateus 22. 32 e Lucas 20. 38).

    SE EXISTE NO HOMEM UM CORPO ANIMAL, HÁ TAMBÉM NESSE HOMEM UM CORPO ESPIRITUAL (I Coríntios 15. 44)

    10) – INCITAMENTO DE DESUMANIDADE NO ANTIGO TESTAMENTO – E falou Moisés aos oficiais do exército, inspirado em Jeová: Armem-se alguns de vós para a guerra contra os midianitas, e VINGA os vossos filhos, matem A TODOS: homens, mulheres, crianças e idosos… Sequestrem os bens dos vencidos. PORÉM, todas as meninas virgens que ainda não deitaram com homens, DEIXA-AS viver para vós (Números 31. 1 a 18).

    10. a) OS NOVOS ENSINAMENTOS DE JESUS AOS QUE BUSCAM O PAI EM ESPÍRITO (João 4. 24); Ouvistes o que foi dito no Antigo Testamento: olho por olho e dente por dente; amarás o teu amigo e odiarás o teu inimigo… E, completou JESUS – vide Mateus 5. 20 a 48, eu, porém vos digo:

    Amai os vossos inimigos; fazei o bem aos que vos fazem o mal; abençoai os que vos amaldiçoam; e orai pelos que vos maltratam e perseguem. PARA QUE SEJAIS PERFEITOS COMO PERFEITO É VOSSO PAI CELESTIAL, que faz nascer o sol sobre os bons e sobre os maus, e descer as chuvas sobre justos e injustos.

    Jesus simplificou os conceitos da Lei do Antigo Testamento, e os ensinamentos dos Profetas resumindo-os em apenas dois mandamentos – Mateus 22. 34 a 40: primeiro: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento; o segundo é continuação do primeiro: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.

    TEMOS QUE TER DISCERNIMENTO CONSCIENTE PARA SABERMOS O QUE É A PALAVRA DE DEUS… E O QUE É ENSINAMENTO HUMANO NA PRÓPRIA BÍBLIA.

    “Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em Justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda boa obra (II Timóteo 3. 16 a 17)”

    Discernimento espiritual: analisa-se à luz da Justiça e perfeição de Deus que, a escritura que é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir e para instruir em justiça é que é divinamente inspirada, a fim de que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda boa obra.
    O Apóstolo não generalizou Todas as Escrituras são divinamente inspiradas. Apenas selecionou toda escritura que é saudável para ensinar e instruir em justiça… A fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente educado para toda boa obra: é divinamente inspirada.

    Então aqueles ensinamentos prescritos no Antigo Testamento por Moisés, e inspirados por JEOVÁ: do olho por olho, do dente por dente; e que responde o ódio pelo ódio, e que autoriza a vingança… NÃO PODE ter sido guiados pelo DEUS do amor e da paz – o Pai de Jesus, pois JESUS esclarece essas verdades à luz da perfeição do amor incomensurável do PAI CELESTIAL, orientando as criaturas humanas, que são imperfeitas, a se esforçarem na virtude e perfeição do amor, do perdão, da misericórdia, semelhantemente ao CRIADOR DA VIDA, O PAI CELESTIAL, O DEUS DE JESUS – “Meu Deus e vosso Deus, meu Pai e vosso Pai (João 20. 17)”

    ESSE SIM É O DEUS DA VIDA ABUNDANTE EM AMOR, PAZ E FELICIDADE – PODEROSO EM TODOS OS SENTIDOS.

    “Toda boa dádiva e todo dom perfeito vem do Alto, descendo do PAI DAS LUZES, em quem não há mudança nem sombra de variação” – apóstolo Tiago 1. 17

    Intensivo de Difusão Espiritualidade – I D E
    http://vozqclamabr.blogspot.com/

    ADVERTE JESUS aos seus seguidores de todos os tempos: “Se a vossa Justiça não superar a justiça de fanáticos religiosos tais quais os Saduceus, os Escribas, os Publicanos e FARISEUS, JAMAIS ENTRAREIS NO REINO DOS CÉUS – Mateus 5. 20”

  7. DEZ RAZÕES BÍBLICAS PARA CONHECER O QUE É VERDADE DIVINA, E O QUE É RELIGIÃO HUMANA DENTRO DAS ESCRITURAS DA BÍBLIA.

    A verdade é como o Sol irradiante de luz, vida, amor e beneficia a todos, e continua cada vez mais atualizado… O que é humano com o passar das eras vira PRECONCEITOS e, no tempo torna-se INTOLERANCIA RELIGIOSA.

    CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ (João 8. 32)

    Onde está a VERDADE?

    - No Antigo Testamento que temia tremendo a JEOVÁ; OU, no Novo Testamento – a Boa Nova do Cristo de Deus?

    - Com a religiosidade fértil de PRECONCEITOS arcaicos e intolerantes do Antigo Testamento; OU, na moral saudável da doutrina de Jesus? – A Luz da verdade e da Vida eterna.

    DEUS JAMAIS FOI VISTO POR ALGUÉM. O Filho unigênito, que está no seio do Pai – Nosso Senhor JESUS CRISTO esse sim, o fez conhecer verdadeiramente – (João 1. 18).

    Examinemos o conteúdo dessas ESCRITURAS para discernir com a lucidez apostólica: “Não acrediteis em todo espírito, MAS PROVAI SE OS ESPÍRITOS SÃO DE DEUS (I João 4. 1)”, porque muitos FALSOS PROFETAS e FALSOS LÍDERES RELIGIOSOS que se proclamam submissos a Deus se têm levantado no mundo.

    1) – Recomenda a lei bárbara do Antigo Testamento: Os filhos viciosos e desobedientes aos seus pais devem ser apedrejados até a morte (Deuteronômio 21. 18 a 21)

    1. a) Norteia Jesus – o príncipe da paz: Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido – Lucas 19. 10 (aquilo que os homens corromperam em matéria de crença – desnaturando o divino)

    2) – Ameaça a lei discriminatória do Antigo Testamento: Pessoas com deficiência física e mental estão proibidas de se aproximar do Altar do culto religioso no Templo, para não o profanar com o seu defeito (Levítico 21. 17 a 23)

    2. a) Orienta Jesus – o divino Médico de nossas almas e corpos: Vinde a mim todos que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei (Mateus 11. 28). Os sãos não necessitam de médicos; e sim OS QUE ESTÃO ENFERMOS (Marcos
    2. 17)

    3) – Adverte a lei austera do Antigo Testamento: É proibido comer carne de porco, coelho, lebre …. (Levítico 11. 2 a 7)

    3. a) Elucida Jesus, o Divino Mestre, aos religiosos hipócritas nos templos da fé cega e irracional: Não é o que entra pela boca que contamina o homem, MAS AQUILO QUE SAI DA SUA BOCA (porque o que sai da boca procede do coração: os maus pensamentos, instintos inferiores, sentimentos nocivos: adultérios, prostituição, corrupção, assassinatos – Mateus 15. 11 a 20 e Marcos 7. 17 a 23)

    4) – Ensina a lei imperiosa do Antigo Testamento: Quem trabalhar no sábado será morto (Êxodo 35. 2) OBS: Quem executava a morte ao infrator por trabalhar no sábado? Jeová ou, os homens? CLARO que eram os homens, vide Números 15. 36 – Então toda congregação, fora do arraial, apedrejou até à morte o homem que juntara lenha no sábado.

    4. a) Orienta Jesus – o Verbo de Deus: O homem não foi feito por causa do sábado (Marcos 2. 27), ou seja, guardar o dia de sábado é simples formalidade religiosa. Pois Deus, o Criador, trabalha até AGORA (João 5. 16 a 17); E esse AGORA significa ininterruptamente sem descansos sabáticos.

    5) – Sentencia a lei severa do Antigo Testamento: Quem cometer adultério…, ambos serão punidos com a pena de morte (Levítico 20. 10)

    5. a) Conscientiza Jesus – o salvador: Aquele que estiver sem pecados seja o primeiro a atirar a pedra (João 8. 2 a 11). Porque misericórdia quero, E NÃO SACRIFÍCIOS! (Mateus 9. 11 a 13)

    6) – Autoriza a lei inflexível do Antigo Testamento: Descontente com a esposa o homem pode dispensá-la sem nenhuma compensação, dando-lhe carta de divórcio (Deuteronômio 24. 01)

    6. a) Esclarece Jesus – o Mestre Celestial: Não faças a teu próximo aquilo que não queres para ti (Mateus 7. 12). Sêde perfeitos como perfeito é vosso Pai celestial (Mateus 5. 48). E ao que quiser pleitear contigo e tirar-te o vestido, larga-lhe também a capa (Mateus 5. 40)

    7) – Penaliza a lei primitiva do Antigo Testamento: Se um animal habituar-se a atacar alguém o ferindo de morte, e seu dono é conhecedor deste fato e não o guardou, o animal será morto juntamente com o seu dono (Êxodo 21. 28 a 29); Outro ensinamento cruel do ANTIGO Testamento: “Se uma jovem é dada por esposa a um homem e este descobre que ela não é virgem, então a jovem deve ser apedrejada até a morte, diante de seus pais (Deuteronômio 22. 13 a 21)”

    7. a ) Recomenda Jesus – a luz do mundo: Perdoai não somente 7 vezes, mas 70 vezes 7, ou seja, indefinidamente (Mateus 18. 21 a 22). E SÓ O AMOR COBRE A MULTIDÃO DE PECADOS (I Pedro 4. 8)

    8) – Aconselha os seguidores fieis a Jeová baseados em Eclesiastes 9. 5 – livro do Antigo Testamento: Os mortos não terão recompensa… Porque a sua memória jaz no esquecimento.

    8. a) Adverte Jesus, à luz da vida eterna, a todos aqueles que professam o NADA pós-túmulo: Saduceus fanáticos, Sentinelas do caos, Propagadores da intolerância, Adventos cultores do materialismo pleno… Materialistas do pensamento e da alma: DEUS NÃO É DEUS DE MORTOS (Lucas 20. 38); Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma (Mateus 10. 28);

    E, aconteceu que o mendigo morreu e após sua morte corporal, a sua alma é conduzida pelos anjos (espíritos do bem), ao além, para o seio de Abraão a fim de aliviar-se da luta terrena (Lucas 16. 19 a 31). E morreu também o rico e no abismo do além, levantando os olhos viu ao longe Lázaro juntamente com Abraão. E Lázaro, morto no além-túmulo lembrou-se dos seus familiares na vida humana… JESUS NESTES ENSINAMENTOS CONTESTA O ENGANO DO ECLESIASTES cap 9. Vers 5, conscientizando: a existência da alma pós-túmulo, e que os mortos têm lembrança da vida corporal extinta, têm sentimentos de causa, e noções de tempo e espaço.

    9) – Adverte a lei incapaz no Antigo Testamento: É proibido consultar os mortos… (Deuteronômio 18. 11)

    9. a) Exemplifica Jesus – o Divino Mestre: Todas as coisas são possíveis àquele que tem fé (Marcos 9. 23); E tudo o que eu fiz vóis podereis fazê-lo e em condições maiores (João 14. 12), porque vou para o Pai, e não vos deixareis órfãos (João 14. 18). E, MEU PAI É VOSSO PAI, MEU DEUS É O VOSSO DEUS (João 20. 17) E assim como o Pai ressuscita os mortos, e os vivifica, assim também o Filho vivifica aqueles que quer (João 5. 21)

    Na verdade, COM JESUS, CHEGOU A HORA em que OS MORTOS ouvirão a voz do filho de Deus e os que a ouvirem viverão (João 5. 25).

    E Jesus exemplificando esta verdade: Pregou o Evangelho TAMBÉM AOS MORTOS, para que fossem julgados segundo os homens na carne, mas vivessem segundo Deus em Espírito (I Pedro 4. 6).

    E também pregou a boa nova aos ESPÍRITOS EM PRISÃO, OS QUAIS NOUTROS TEMPOS foram desobedientes a Deus, a saber: as almas das pessoas que viveram em tempos anteriores à época do cristianismo (I Pedro 3. 18 a 20). Compreenda-se que são vários séculos transcorridos de Noé ao tempo do nascimento de Jesus.

    Trans-comunicou-se no monte Tabor, na presença dos apóstolos Pedro, João e Tiago com os espíritos de Moisés e Elias (ambos já MORTOS para a humanidade; porém para DEUS bem vivos, isto porque não existe a morte nos planos de Deus – Mateus 17. 1 a 13) (Lucas 20. 38).

    OS QUE FIZEREM O BEM PARA A RESSURREIÇÃO DA VIDA, e os que fizerem o mal para a ressurreição da condenação – João 5. 29.

    E dá exemplos da imortalidade da alma aos que seguem os seus ensinamentos, vide Mateus 16: 28 “Alguns há, dos que aqui estão presente, que não provarão a morte até que vejam o Filho do homem no reino de seu Pai”.

    Rompem-se o véu do templo e várias ALMAS em seus corpos benditos retornam do além-túmulo, e se manifestam publicamente para vários contemporâneos em Jerusalém, após domingo de páscoa, comprovando assim a vida pós-morte (Mateus 27. 51 a 53)

    - Por acaso estão alicerçadas no Evangelho essas seitas fanáticas que se auto-afirmam verdadeiras, e que NEGAM a existência da alma no ser humano? Como se o homem fosse simplesmente uma massa molecular… sem alma pensante e imortal!

    SE ESPERAMOS EM CRISTO SÓ NESTA VIDA, somos os mais miseráveis de todos os homens ( I Coríntios 15. 19)

    Porque, se OS MORTOS NÃO RESSUCITAM, OU RESSURJAM após a morte física, TAMBÉM CRISTO NÃO RESSUCITOU (I Coríntios 15. 16)

    Se fôssemos duvidar da morte, como cessação de vida contínua, estaríamos duvidando do próprio Jesus que voltou do plano da morte e se comunicou com várias pessoas por longos dias; e, onde reteve as chaves da morte e do inferno (Apocalipse 1. 18). E DEUS NÃO É DEUS DE MORTOS… (Mateus 22. 32 e Lucas 20. 38).

    SE EXISTE NO HOMEM UM CORPO ANIMAL, HÁ TAMBÉM NESSE HOMEM UM CORPO ESPIRITUAL (I Coríntios 15. 44)

    10) – INCITAMENTO DE DESUMANIDADE NO ANTIGO TESTAMENTO – E falou Moisés aos oficiais do exército, inspirado em Jeová: Armem-se alguns de vós para a guerra contra os midianitas, e VINGA os vossos filhos, matem A TODOS: homens, mulheres, crianças e idosos… Sequestrem os bens dos vencidos. PORÉM, todas as meninas virgens que ainda não deitaram com homens, DEIXA-AS viver para vós (Números 31. 1 a 18).

    10. a) OS NOVOS ENSINAMENTOS DE JESUS AOS QUE BUSCAM O PAI EM ESPÍRITO (João 4. 24); Ouvistes o que foi dito no Antigo Testamento: olho por olho e dente por dente; amarás o teu amigo e odiarás o teu inimigo… E, completou JESUS – vide Mateus 5. 20 a 48, eu, porém vos digo:

    Amai os vossos inimigos; fazei o bem aos que vos fazem o mal; abençoai os que vos amaldiçoam; e orai pelos que vos maltratam e perseguem. PARA QUE SEJAIS PERFEITOS COMO PERFEITO É VOSSO PAI CELESTIAL, que faz nascer o sol sobre os bons e sobre os maus, e descer as chuvas sobre justos e injustos.

    Jesus simplificou os conceitos da Lei do Antigo Testamento, e os ensinamentos dos Profetas resumindo-os em apenas dois mandamentos – Mateus 22. 34 a 40: primeiro: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento; o segundo é continuação do primeiro: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.

    TEMOS QUE TER DISCERNIMENTO CONSCIENTE PARA SABERMOS O QUE É A PALAVRA DE DEUS… E O QUE É ENSINAMENTO HUMANO NA PRÓPRIA BÍBLIA.

    “Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em Justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda boa obra (II Timóteo 3. 16 a 17)”

    Discernimento espiritual: Analisa-se à luz da Justiça e perfeição de Deus que, a escritura que é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir e para instruir em justiça é que é divinamente inspirada, a fim de que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda boa obra.
    O Apóstolo não generalizou Todas as Escrituras são divinamente inspiradas. Apenas selecionou TODA escritura que é saudável para ensinar e instruir em justiça… A fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente educado para toda boa obra: é divinamente inspirada.

    Então aqueles ensinamentos prescritos no Antigo Testamento por Moisés, e inspirados por JEOVÁ: “do olho por olho, do dente por dente; e que responde o ódio pelo ódio, e que autoriza a barbaridade e a VINGANÇA”… NÃO PODE ter sido guiados pelo DEUS do amor, da paz e da Justiça com equidade – o Pai de Jesus, pois JESUS esclarece essas verdades à luz da perfeição do amor incomensurável do PAI CELESTIAL, orientando as criaturas humanas, que são imperfeitas, a se esforçarem na virtude e perfeição do amor, do perdão, da misericórdia, semelhantemente ao CRIADOR DA VIDA, O PAI CELESTIAL, O DEUS DE JESUS – “Meu Deus e vosso Deus, meu Pai e vosso Pai (João 20. 17)”

    ESSE SIM É O DEUS DA VIDA ABUNDANTE EM AMOR, PAZ E FELICIDADE – PODEROSO EM TODOS OS SENTIDOS.

    “Toda boa dádiva e todo dom perfeito vem do Alto, descendo do PAI DAS LUZES, em quem não há mudança nem sombra de variação” – apóstolo Tiago 1. 17

    Intensivo de Difusão Espiritualidade – I D E
    http://vozqclamabr.blogspot.com/

    ADVERTE JESUS aos seus seguidores de todos os tempos: “Se a vossa Justiça não superar a justiça de fanáticos religiosos tais quais os Saduceus, os Escribas, os Publicanos e Fariseus, JAMAIS ENTRAREIS NO REINO DOS CÉUS – Mateus 5. 20”

    Garantiu Jesus: “Eu sou o caminho, a verdade, e a vida (Evangelho do apóstolo João 14. 6 NOVO Testamento)”

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 5,002 comentários no Estudos Bíblicos.