7 dicas para iniciar um Ministério de Jovens

2
191

Segue abaixo um breve insight inicial sobre como iniciar um Ministério de Jovens. Um ministério não leva em conta idade, e nem sociabilidade e sim o exercício de dons espirituais, o foco em servir a Deus e ser instrumento em suas mãos para promover o Reino de Deus nesta terra.

Sugiro que pense inicialmente sobre o que você quer. Você quer um grupo forte, muitos jovens reunidos em um determinado dia que você planejar mesmo que alguns não estejam bem, mesmo que alguns deles estejam completamente dilacerados espiritualmente? Ou pretende formar um grupo que se importa, que cuida uns dos outros, que visa amparar o fraco, consolar o desanimado e admoestar o insubmisso? Qual é seu objetivo final com esse grupo? Suas programações condizem que sua idéia inicial?

A teoria é fácil. Difícil é colocar em prática. Difícil é realizar aquilo que estamos pensando. Segue um breve roteiro para iniciar sua jornada visando construir um ministério relevante e disposto nas mãos de Deus para ser instrumento dEle na sociedade e amparar o cansado.

1) Tenha em mente o por quê do grupo existir. Qual o propósito desde grupo? Qual o motivo dele existir? Qual é sua razão de ser?

2) Saiba onde você quer chegar. Como é o grupo que eu sonho? Em quais áreas esse grupo atuará? Como gostaria que este grupo estivesse daqui a alguns anos?

3) Estabeleça quais programações você deve fazer para alcançar os objetivos e o propósito do grupo. Lembre-se que todas as programações devem visar um fim maior que cumprir o propósito pelo qual o grupo foi criado. Caso contrário perde-se a razão de existir.

Estabeleça: Como irá fazer? Quem será responsável por cada etapa? Quando irá acontecer? Como chegará no seu público alvo? Como criar programações relevantes e ao mesmo tempo atraentes visando o propósito final?

4) Planeja cada detalhe. Nunca faça programações de última hora. Deixe Deus agir, e permita que Ele mude a programação caso Ele queira, mas isso acontecerá em algumas excessões. Por isso, planeje sempre. Ore para que Deus direcione seu planejamento e esteja na direção de cada detalhe. Assim, não precisará que Ele mude o script de última hora.

5) Execute com louvor!! Muitos grupos passam muito tempo planejando, porém na hora da execução tudo é um desastre. Cumpra os prazos, estabeleça responsáveis e execute tudo que planejaram.

O principal aqui não é apenas ter boas programações, mas colher os frutos de cada programação. Acolher bem as pessoas que foram e acompanhá-las depois.

6) Acompanhe! O ponto alto não é a programação em si, mas os frutos desta programação. Como grupo de jovens seu objetivo final não é divertir as pessoas, mas promover o Reino de Deus, e levar Cristo às pessoas. O principal agora, é acompanhá-las. Continuar caminhando junto a elas e descobrir quais são suas necessidades espirituais e a partir daí acolhê-las.

7) Discuta a programação depois de ter acontecido! Veja todos os pontos positivos e negativos. E corrija os erros cometidos na próxima vez. É muito importante reconhecer os erros, para que haja aprendizado e crescimento de sua liderança.

Por Daniel Simoncelos do Blog Somente a Graca (http://www.somenteagraca.com)

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA